restaurantes

Restaurantes dos centros comerciais também estão a pedir testes negativos à Covid-19

Vários espaços do País partilharam a informação nas redes sociais de como estão a fazer o acesso às praças de restauração.
O acesso será mais complicado durante o fim de semana.

Almoçar ou jantar numa zona de food court de um centro comercial durante o fim de semana também está sujeito à apresentação de um teste negativo à Covid-19. A resolução do conselho de ministros, publicada na quinta-feira, 9 de julho, gerava algumas dúvidas, mas vários centros do País estão a adotar a medida.

“Informamos que o consumo de refeições nos nossos restaurantes e praça de alimentação, por clientes maiores de 12 anos, passa a ser permitido apenas a portadores de Certificado Digital Covid ou de teste negativo à Covid-19”, escreveu o Colombo na sua página de Facebook. 

A mesma informação foi partilhada pelo NorteShopping, ArrábidaShopping e ainda pelo Vasco da Gama. “Estas medidas estarão em vigor a partir das 15h30 de 10 de Julho, aos fins de semana, feriados e sextas-feiras a partir das 19 horas”, continua a descrição da publicação.

Em “Diário da República”, foi também pedido a estes espaços para organizarem as áreas de restauração de forma a evitar aglomerações de pessoas. No caso das esplanadas e espaços ao ar livre dos centros comerciais dos concelhos de risco elevado ou muito elevado não será exigida a apresentação de qualquer teste.

Esta medida tem gerado alguma confusão e até João Torres, secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, este sábado, 10 de julho, veio dizer que os cafés e pastelarias podiam estar abertos até mais tarde e que não era também exigido nenhum teste ou certificado, desde que não fossem servidas refeições naqueles estabelecimentos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT