Restaurantes

Royale Pão Paixão: o novo espaço que é perfeito para os amantes de pão

Não é uma padaria mas também não é um restaurante. É os dois. Abriu nos últimos dias no Porto, na zona da Boavista.
O pão é a estrela da carta.

Joana Sousa abriu o seu primeiro espaço depois de 15 anos a trabalhar em departamentos de marketing de empresas de grande consumo: “Este é um projeto cuja idealização começou há três anos, com a obra a durar um ano. O nosso conceito é o de uma padaria artesanal, de bairro. Tudo gira à volta do pão, incluído o nosso restaurante”. O Royale Pão Paixão abriu oficialmente as portas ao público a 28 de julho, depois de um breve período em soft-opening. Fica junto da rotunda da Boavista, no Porto.

Os pães são de fermentação natural, com utilização de massa mãe. “As farinhas que utilizamos são de moagem em mó de pedra, das moagens Farinhas Paulino Horta e Moagem Carlos Valente. A nossa pastelaria também respeita os tempos de produção e tudo é feito manualmente: a massa folhada ou o creme pasteleiro, por exemplo”, afirma.

Mas como nem só de pão vive o homem, na cozinha do Royale Pão Paixão pode sentar-se para desfrutar de uma refeição completa. O menu varia semanalmente, com pratos quentes, frios, de comer à mesa ou “on the go”. Esta semana pode provar o spaghetti aglio e olio com kale, limão e pecorino romano (7,5€); o acarajé (bolinhos de feijão frade) com vatapá de camarão e pico de gallo (8€); ou os peixinhos da horta com ervilhas, batatas fritas e molho tártaro (7€). Termine em grande com a tarte de ricotta e limoncello com morangos, framboesa e mirtilos (3,5€).

Aos sábados a história é outra: a casa oferece um delicioso brunch. Experimente o bagel com salmão, philadelphia, cebola roxa e alcaparras (5,5€); as panquecas com mirtilos e mascarpone (5€); o feijão no pão com ovo estrelado e kale (5€); ou a granola de azeite, iogurte e compota de ameixa (4,5€).

“Promovemos marcas menos conhecidas do grande público e que partilham os nossos valores. O nosso chá é biológico e é da Chá Camélia, única produtora da planta de chá na Europa continental. O café é de uma linha promovida pela Fundação Lavazza, que apoia projetos de responsabilidade social: Reserva di Tierra. Os nossos refrigerantes são da marca Fritz Cola e a cerveja, da OPO74, uma marca do Porto”, explica.

E como o espaço é também uma padaria, pode levar para casa uma grande variedade de pães e produtos de pastelaria, como pão de trigo, broa de milho, croissants, napolitanas, donuts, focaccias ou bolas de berlim.

O Royale tem uma lotação de 60 lugares sentados, não tem serviço de mesa e a fundadora insiste que este não é um espaço “industrializado”, mas um local familiar: “Quisemos recuperar o conceito de uma padaria de bairro, onde as pessoas vêm tomar o pequeno-almoço e são tratadas pelo nome”.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    R. de Guerra Junqueiro 634
    4150-387 Porto
  • HORÁRIO
  • Terça-feira a Sábado: 8h às 19h
  • A partir de Setembro - Segunda-feira a sábado: 8h às 19h
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
Padaria, Mediterrânea

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT