Restaurantes

Os sabores transmontanos na nova carta do Oficina

Cinco meses após a abertura, o chef Marco Gomes reformula a carta do seu restaurante no Porto.

A inspiração transmontana está sempre presente nos pratos com a assinatura do chef Marco Gomes. Não é uma surpresa, portanto, que ao fim de cinco meses de trabalho, as novas criações que chegam à mesa do Oficina se baseiem nos sabores e produtos da região.

Para combinar com a estação, a nova carta aposta em aromas e texturas mais fortes, sempre assente na cozinha portuguesa do chef: há alheira transmontana com grelos, ovo de codorniz e creme de pimentos assados (8€) ou pintada recheada com enchidos e migas tradicionais (21€), vitela de comer à colher com batata brava e grelos salteados (23€) ou medalhão de vitela com escalope de foie gras, tarte de batata e molho de pimenta rosa (24€).

São, ao todo, dez novas escolhas que o chef introduz na ementa, entre entradas, pratos de peixe e carne, sem esquecer as sempre obrigatórias sobremesas: queque morno de queijo da Serra com creme de abóbora e amêndoa (6,5€), tabuleiro de doces conventuais — pudim Abade de Priscos, papa d’anjo, S. Gonçalo e foguetes — com sorvete de citrinos (7€) ou rabanada com gelado de caramelo e redução de vinho do Porto (6€).

Os pratos do chef Marco Gomes não são, contudo, o único motivo para visitar a Oficina do bairro das artes, em Miguel Bombarda. O espaço, que combina arte e gastronomia, organiza jantares temáticos mensais, sempre com um convidado especial ligado à cultura.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Miguel Bombarda, 282, Porto
    4050-377 Porto - Portugal
  • HORÁRIO
  • Segunda
  • Das: 19:30
  • Às: 23:00
  • Terça a sábado
  • Das: 12:30
  • Às: 15:00
  • Das: 19:30
  • Às: 23:00
PREÇO MÉDIO
Entre 30€ e 50€
TIPO DE COMIDA
Portuguesa

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT