Restaurantes

Salmoura: petiscar à portuguesa no novo restaurante de Alfama

É dos mesmos responsáveis pela Taberna Sal Grosso, que abriu no mesmo bairro lisboeta há quatro anos.

Mais petiscos em Alfama/Foto de Lisbon Guru.

“Queremos criar um novo pólo gastronómico em Alfama.” Este é o desejo de Filipe José Pereira, um dos responsáveis pelo Salmoura, o novo restaurante do bairro lisboeta. Há quatro anos abriu com Joaquim Saragga Leal a Taberna Sal Grosso, também no mesmo bairro. A meio de agosto abriram mais um projeto em Alfama dedicado a petiscos portugueses onde tudo é para partilhar.

“O objetivo é construir uma zona gastronómica no bairro que não seja tão descaracterizada como é o Bairro Alto”, continua Filipe, de 37 anos. Tal como na Taberna, no Salmoura petisca-se apenas com sugestões nacionais, numa ementa que vai sendo alterada consoante a sazonalidade dos produtos. “Os pratos são pensados por mim, pelo Joaquim e também pela nossa equipa de chefs.”

O novo espaço é maior do que o que abriram em 2015. Aqui sentam-se 40 pessoas (ao contrário das 25 da Taberna Sal Grosso) e também no menu a oferta é mais extensa, se bem que existem algumas opções que se repetem nos dois espaços de Lisboa.

Coelho com amêndoa (9€), iscas de pato (8€), escabeche de codorniz (7,50€), cachaço de porco fumado (8€) e javali com cereja (7,50€), são alguns dos pratos para partilhar. “Aconselhamos sempre as pessoas a pedir dois ou três pratos por mesa para dividirem.”

Nas entradas há milho frito (3€), chips de batata doce (3,50€) e salada de tomate com figo (7,50€), que só deve ficar disponível durante poucas semanas. Para terminar tem arroz doce de sarrabulho (3,50€), pudim de pão (3,50€) e abacaxi assado com banana (3,50€). A cozinha está aberta sempre até à meia-noite, mas as bebidas servem-se até às duas da manhã.

Javali com cereja (7,50€).

A marca lançou há três meses uma cerveja artesanal à venda nos dois restaurantes dos sócios em Alfama. É produzidas nas instalações da Sadina, em Setúbal, e chama-se Boca Suja. Têm cinco variedades disponíveis em garrafas e barril, que em breve irão também vender noutras lojas e restaurantes.

O novo espaço de Alfama é restaurante, bar e também galeria de arte. Por enquanto é uma exposição assinada por Filipe José Pereira que ali encontra. O objetivo é convidarem outros artistas para exporem pinturas e fotografia.

Quem manda nisto tudo

Nome: Filipe José Pereira
Idade: 37 anos
Prato favorito: bacalhau confitado
Maior guilty pleasure: ananás assado com gelado de banana
Convença-nos a visitar este espaço: “Aqui só há comida portuguesa, de qualidade e honesta.”

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua dos Remédios 98, Lisboa
    1100-029 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Das: 19:00
  • Às: 02:00
  • Cozinha encerra às : 00:00
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
Petiscos

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT