Restaurantes

Skøra: o melhor da cozinha nórdica chegou ao Saldanha

É o novo restaurante de Lisboa com tostas abertas, salsichas caseiras e muitos produtos biológicos.

As tostas abertas são dos almoços mais típicos.

Skøra, e sim é mesmo assim que se escreve, com o caracter típico das línguas nórdicas. É o novo restaurante de Lisboa que abriu junto ao Jardim do Arco do Cego com tem uma carta cheia de especialidades dinamarquesas, e não só.

No menu do novo espaço vai voltar a encontrar o “ø” várias vezes. Mas assim que as Smørrebrød lhe chegarem à mesa já pouco lhe vai importar como está escrito. São sandes abertas, tradicionais na Dinamarca, feitas com pão escuro que podem ter diferentes recheios, como gravlax de salmão, rullepølse (uma espécie de rosbife), bacalhau ou camarão. Custam desde 3,50€ e são uma boa sugestão para começar uma refeição — ou então pede logo três e fica com o almoço feito.

Ana Bassie é portuguesa e o companheiro, John Simonson, da Dinamarca. Trabalham numa empresa de prospeção de petróleo e gás, que os obriga a estar fora durante algumas semanas. Ana já foi chef de cozinha nestes barcos, agora está mais dedicada à formação. “Chega-se a uma altura da vida em que se que assentar. Há muito pouco parecido com isto aqui em Lisboa”, explica à NiT Ana, de 49 anos.

O conceito é de cozinha nórdica aqui trabalhada com produtos biológicos, na sua maioria portugueses. “A ementa vai mudando já que trabalhamos com pequenos produtores com produtos da estação.” Depois é tudo trabalhado na cozinha do Skøra de onde saem molhos típicos, mas também salsichas, hambúrgueres e almôndegas (não as do Ikea) que são feitas por eles.

Tem a Medista, salsicha dinamarquesa com couve roxa, batata e molho (12€), o Hakkebøff, hambúrguer de vaca, com batata, cebola (9,50€), ou o Frikadeller, almôndegas com couve e batata (6,50€).

Antes disso pode sempre começar com uma sopa do dia, mexilhão gratinado, o camarão com funcho e açafrão ou saladas. Fazem cinnamon rolls todos os dias que também são uma boa sugestão para lanchar no restaurante. Com mirtilos e bacon são outras das variedades que pode encontrar por vezes a sair do forno.

O restaurante tem capacidade para 35 lugares e tem a decoração típica nórdica: menos é mais. O nome, Skøra, veio de uma flor que nasce das Ilhas Faroé, “é tipo uma praga”, explica Ana.

Carregue na foto para saber mais sobre o novo Skøra.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Avenida Duque de Ávila 45D
    1000-169 Lisboa - Portugal
  • HORÁRIO
  • Das: 09:00
  • Às: 23:00
  • Fecha domingo e segunda às : 16:00
PREÇO MÉDIO
Menos de 10€
TIPO DE COMIDA
Nórdica

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT