Restaurantes

Terminou a greve de fome: Ljubomir e o resto do grupo já comem pizza

O movimento "Sobreviver a Pão e Água" decidiu terminar a manifestação após uma reunião com Fernando Medina.
Manifestantes regressam a casa

Depois de sete dias em greve de fome, o movimento “Sobreviver a Pão e Água” decidiu terminar o protesto que decorria em frente da Assembleia da República. A decisão foi anunciada através das redes sociais na noite desta quinta-feira, 3 de dezembro.

Após reunir com Fernando Medina ao final da tarde, José Gouveia, representante do grupo, tinha afirmado que havia vontade de terminar com o protesto: “É nossa vontade que ela [a greve de fome] termine, posso dizer, mas só em grupo é que a gente pode decidir”.

Embora não se saiba ainda com detalhe tudo aquilo que foi discutido na reunião nem o que, em concreto, fez desmobilizar o protesto, Ljubomir Stanisic, qeu também participou da reunião, deixou algumas pistas.

“Discutimos várias ideias, várias possibilidades, e ficou acordado que dentro de sete dias, oito dias, na próxima semana, teremos um novo encontro, porque em muitas medidas que foram discutidas em conjunto o próprio Fernando Medina estava de acordo com uma parte delas. A outra parte sabemos os três que, praticamente, é impossível chegar a soluções para todos, por isso, aguardamos a próxima reunião”, disse ao final da tarde.

No final de tantos dias sem comer, José Gouveia escolheu um croquete para primeira refeição, como afirma a “TSF”, enquanto Ljubomir tinha a felicidade estampada no rosto ao comer algumas fatias de pizza.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT