Restaurantes

The Club: a nova steakhouse de Lisboa com vários bifes — e imperiais a 75 cêntimos

Abriu no Parque das Nações e tem opções de carne com temperos árabes. Em breve vão abrir duas esplanadas — uma delas será uma zona lounge onde se pode fumar shisha.

Depois do Clube do Hambúrguer, que abriu no verão de 2015, o chef Ali Fakhir, 52 anos, meio marroquino meio brasileiro, e a mulher, Natália Fakhir, luso-brasileira, abriram outro espaço, também no Parque das Nações. Chama-se The Club Steakhouse, está a funcionar desde 16 de março e serve bifes, picanha e grelhados feitos à brasileira, com carne europeia e muitas especiarias marroquinas.

“Tivemos algumas dúvidas em relação ao conceito do restaurante. Pensámos em comida mediterrânica, mas optámos por criar uma steakhouse”, diz à NiT Natália Fakhir, responsável pela área de marketing e que também ajuda na gestão.

O Menu Trio está disponível todos os almoços durante a semana, pensado para as pessoas que trabalham naquela zona. Por 12,50€, pode escolher uma entrada, um prato com acompanhamento e ainda um café. Para começar, tem o chouriço na brasa, baby ribs, cogumelos mediterrânicos ou a salada especial da casa, com cenoura, radicchio, tomate cherry, rabanete e cebola roxa.

Os pratos principais disponíveis com este menu são picanha à moda brasileira, com carne do Uruguai (16,75€ se for pedido à carta); o The Club Burguer, com 160 gramas de carne de vaca dos Açores, queijo, bacon, aros de cebola, batatas fritas e salada; coxas de frango temperadas com açafrão e ervas aromáticas; o filete de salmão (15,75€ na carta) assado no forno com legumes salteados, batata salteada e salada; e ainda as costeletas de porco marinadas em azeite, limão, alho e orégãos. Tudo é grelhado a carvão.

O espaço junta uma decoração com muitos traços industriais, ao estilo “steampunk”, como descrevem os responsáveis. Há imagens de rodas dentadas um pouco por todo o lado, incluindo no logótipo da steakhouse. O design também é inspirado no universo das invenções de Júlio Verne e foi pensado pelo filho do casal, de 21 anos. As obras começaram em dezembro, quando ficaram com o espaço.

Ali funcionava, até 2008, o Um Terço d’Água, um restaurante dedicado ao peixe. Fica no terceiro piso do edifício e apesar de não ter acesso direto para a rua, vai ter duas esplanadas. A primeira já está em funcionamento, com vista para a Avenida Dom João II, que vai ter à Gare do Oriente e ao centro comercial Vasco da Gama. A segunda, nas traseiras, está a ser preparada e deverá abrir já na próxima semana. 

Vai ter vista para os comboios que chegam à Gare do Oriente e é onde vão ficar alguns sofás, com uma decoração ao estilo árabe, uma zona lounge onde as pessoas podem beber um copo e comer petiscos enquanto fumam shisha. As happy hours acontecem todos os dias, das 17 às 20 horas. Há imperiais a 75 de cêntimos (o preço regular é 1,50€), Somersby a 1€ ( mais barato que os habituais 2,25€), e as caipirinhas e a caipigin vão custar 3€ (em vez de 4,75€).

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Avenida Dom João II, 35, Piso 3, Loja A, Lisboa
    - Portugal
  • HORÁRIO
  • Das: 12:00
  • Às: 23:00
  • Fecha aos domingos
PREÇO MÉDIO
Entre 20€ e 30€
TIPO DE COMIDA
Steakhouse

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT