restaurantes

A Última Ceia de Nuno Bergonse tem ovo com lentilhas e um pudim de pão

O chef português foi convidado pelo canal História para reinterpretar a refeição da semana santa em 2020.
Fotos de Nines Minguez.

Além de serem todos chefs, o que é que Miguel Laffan, Kiko Martins, Miguel Castro e Silva, Henrique Sá Pessoa e Vítor Sobral têm em comum? Podia ser uma pergunta para queijinho, mas aqui vai a resposta: todos já foram convidados pelo canal História para reinterpretarem a Última Ceia. Nesta oitava edição edição da iniciativa é Nuno Bergonse quem irá trazer para os dias de hoje a refeição partilhada por Jesus Cristo com os apóstolos.

Ao contrário dos últimos anos, os pratos não irão estar disponíveis no restaurante durante este período, devido ao surto de Covid-19. Neste caso, seria no É um Restaurante, em Lisboa. Ainda assim, o conteúdo gravado vai passar no canal História. O episódio será transmitido esta sexta-feira, 3 de abril, às 22h10, e terá repetições diárias até ao domingo de Páscoa, 12 de abril.

Nuno Bergonse é o chef convidado desta edição.

O menu é composto por uma entrada, um prato principal e uma sobremesa. Para começar, Nuno Bergonse criou um ovo com lentilhas e queijo de cabra. “Escolhi o ovo como elemento central, uma vez que este é um símbolo universal de nascimento e criação”, explica o chef.

Como prato principal preparou o cordeiro com tâmaras e tubérculos. ”Inspirei-me na carne de cordeiro, uma vez que era a mais utilizada. É de sabor intenso e característico.” A refeição termina com um pudim de pão com amêndoas e gelado de cardamomo.

“É uma receita que reflete o poder da transformação de um ingrediente tão simples em algo muito saboroso”, termina o chef.

Todas as receitas foram gravadas numa cozinha tradicional em Mafra. Carregue na galeria para conhecer as receitas da última ceia criadas pelo chef Nuno Bergonse.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT