Restaurantes

Vincent Farges trouxe a comida francesa com toque português ao Mercado da Ribeira

O chef responsável pelo estrela Michelin Epur é o mais recente cozinheiro do food court do Cais do Sodré.
O chef do Epur chegou ao Mercado da Ribeira.

A ala dos chefs do Time Out Market, o food court do Mercado da Ribeira, no Cais do Sodré, ganhou um novo nome. Desde o início de fevereiro que o espaço mais à direita assim que entra é ocupado pela cozinha de Vincent Farges. O responsável pelo restaurante com estrela Michelin Epur, em Lisboa, junta-se a Miguel Castro e Silva, Henrique Sá Pessoa e Marlene Vieira, que também têm conceitos próprios no interior.

“Ter oportunidade de abrir este espaço é uma forma de mostrar uma cozinha que gosto de fazer, com simplicidade e identidade”, explica Vincent Farges. O chef é francês, mas vive em Portugal há 20 anos. O menu que traz até ao Mercado reflete as suas raízes, mas também as influências que entretanto ganhou no nosso País.

“A base é uma cozinha francesa, com produtos e um toque muito português. Tudo isto a um preço mais acessível.” Em Portugal, o chef apenas serviu pratos em restaurantes de topo. Esteve na cozinha da Fortaleza do Guincho durante mais de dez anos, onde manteve sempre a estrela Michelin que o espaço já tinha desde 2001.

Em 2018, saiu para liderar outro projeto: o Epur, no Chiado. Com este espaço entrou no Guia na edição 2020. O projeto tem menus de degustação que podem chegar aos 140€ por pessoa.

Agora, neste novo espaço do Cais do Sodré, encontra sugestões de Vincent Farges com algumas técnicas idênticas, mas preços bem mais acessíveis.

O restaurante fica na ala dos chefs.

Existem outras diferenças entre os dois conceitos. Aqui, no Cais do Sodré, o serviço é feito em tabuleiros e para ser degustado numa das mesas corridas do mercado. Um ambiente que não tem nada a ver com um serviço de estrela Michelin.

Ainda assim, nos pratos, o chef garante um sabor idêntico ao de restaurante de luxo. Pode começar a refeição com um dos amuse bouches. Tem as batatas com molho de iogurte (3,50€), os croquetes de porco com maionese (6€) e o folhado de carne com molho de mostarda (6€).

Já nas entradas, pode pedir as sardinhas portuguesas (10,50€). Esta é uma sugestão típica francesa, mas que substituiu o arenque por um peixe mais consumido em Portugal e que junta uma salada de batatas avinagrada. Ainda nas entradas, tem o tártaro de peixe servido com abacate, cítricos e kefir (11,50€).

Depois, nos pratos principais, pode optar pela vegetariana salada de quinoa com tofu assado, brócolos, abacate, caju torrado (12,50€). Nos peixes existe uma sugestão com crosta de beringelas fumadas, feijão verde e molho avinagrada (15€). E nas carnes, um dos pratos que deve ter em conta são as bochechas de porco (13€). São cozinhadas em vinho tinto, apresentam-se super tenras e servidas com puré de batata e cogumelos salteados.

A refeição pode terminar com um creme brûlée de alfazema (4,50€), o baba com rum, abacaxi e chantilly (5€) ou a mousse de chocolate com caramelo salgado e amendoim (5€). Aos almoços existe um menu especial que custa 15€, com direito a prato, sobremesa e uma bebida.

Carregue na galeria para conhecer alguns dos pratos que pode experimentar no novo espaço do chef Vincent Farges.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Avenida 24 de julho, 481, Lisboa
    1200-479 Lisboa
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
Francesa, Portuguesa

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT