Cafés e Bares

Wako Loko: o novo bar de Lisboa onde os smoothies gelados são reis

Tem bebidas com e sem álcool para todos os gostos e é especialista em cocktails com maracujá.
Os Wakofrozen são para beber o ano inteiro

Não dá para negar que tomar um copo com os amigos é um dos melhores programas de fim de tarde ou até de noite. Pode ser a meio da semana ou ao fim de semana, com tempo quente ou mais fresco, o que interessa é partilhar um bom cocktail na companhia dos nossos.

Sim, já sabemos que a altura de pandemia que vivemos não é a melhor para falar disto, mas basta que seja feito em grupos reduzidos e cumprindo as normas das autoridades de saúde. Mantendo essa ideia, nada melhor do que aproveitar para conhecer sítios novos.

Um deles é o Wako Loko, um bar de cocktails e shisha, em Lisboa. O nome vem de uma fusão entre o Japão e Angola, em que Wako vem de Wakongo, uma comunidade ao sul do centro de Luanda, e Loko é o que são os fundadores deste espaço. “Somos quatro jovens a emergir numa cultura à parte”, explica à NiT Fernando Chissende.

Além de Fernando, de 27 anos, que é formado em design, o grupo é constituído por Hélder Barreira, de 26 anos, especialista em administração; Eric Thomas, de 24 anos, que estuda gestão; e Bruna Barreira, de 23 anos, que estuda economia. Todos são amigos, sendo que Hélder e Bruna são também irmãos.

Quando decidiram criar um bar, a ideia inicial era juntar as bebidas ao sushi, de forma a criar essa ligação com o lado japonês. No entanto, o espaço que encontraram não permite ter a cozinha que o sushi exige, por isso abriram com o conceito de bar de cocktails e shisha e fica para o futuro uma mudança para um espaço maior e com outras condições.

Depois de ter aberto em julho, o Wako Loko esteve uns dias fechado e reabre novamente a 3 de novembro com algumas remodelações. “Desde o início que o nosso conceito prevê ambientes efémeros em que a cada seis ou oito meses há mudanças na decoração do espaço e até na carta de forma a ter sempre novidades para o cliente”, conta Fernando.

As cores mantêm-se entre o vermelho e o preto, conjugando agora também com o dourado. Os tetos foram rebaixados e a iluminação trocada por uma luz mais quente e confortável. Na esplanada, onde os clientes passam mais tempo, há agora toldos, guarda-vento e aquecedores verticais para aquecer o ambiente mesmo nos meses de frio.

No que toca às bebidas, a especialidade da casa está nos diversos cocktails com maracujá e especialmente nos Wakofrozen. “São batidos smoothies de frutas frescas, com gelo e podem ser feitos com ou sem álcool”, explica Fernando Chissende. Há de maracujá, de ananás, de morango e de limão (3,50€ sem álcool e 4,50€ com álcool).

Pode ainda optar pelos cocktails mais clássicos como o daiquiri (5,25€) ou o mojito (5,25€), vodka wako (3,65€) ou os shots, que podem custar entre 1,50€ e 7,50€. Quanto às shishas, pode escolher entre a normal (15€) e a premium (20€).

Para acompanhar as bebidas é possível ainda pedir alguns snacks como tacos (2,50€), hambúrguer (4,20€) ou até as asinhas de frango Wingolicious (7,50€).

O Wako Loko está aberto de terça-feira a domingo das 16h30 à meia-noite e fecha apenas à segunda-feira.

Carregue na galeria para conhecer um bocadinho melhor este novo espaço lisboeta.

FICHA TÉCNICA

  • HORÁRIO
  • De terça-feira a domingo das 16h30 às 00h. Fecha à segunda-feira
PREÇO MÉDIO
Menos de 10€
TIPO DE COMIDA
Bar

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT