Beleza

Está indecisa entre o cabelo curto ou comprido? A nova moda é ter os dois

Muitas camadas, mais volume e um movimento que dá vida aos seus fios. É um estilo cheio de personalidade.
Mais um corte a acrescentar à lista.

O glossário de termos para os cortes de cabelo que continuam a surgir é difícil de acompanhar. Do regresso do mullet ao entusiasmo em torno do shaggy hair, há muitas formas de dar uma nova vida ao seu visual. Um dos fenómenos mais recentes, intitulado de butterfly haircut — ou cabelo borboleta —, está a ser especialmente popular graças ao seu estilo híbrido.

“Nós ficámos durante um longo período a usar o mesmo estilo de corte, mais sólido e com uma base mais reta”, explica Diego Morais, que abriu recentemente o salão Zero35, em Lisboa. Este fator maximiza o interesse em apostar nas novidades que continuam a surgir. “Quando é lançada uma tendência moda, vem algo oposto do que existia. Este é um corte mais repicado, desfiado e com várias camadas”.

Num só corte, existem várias possibilidades que pode seguir, sobretudo se for uma pessoa indecisa. E, mesmo que seja super determinada, não deixa de ser uma vantagem conseguir criar a ilusão de ter o cabelo curto e longo ao mesmo tempo. Esta é, afinal, um dos maiores dilemas no mundo da beleza.

A ideia do que esperar com este corte está refletida no nome. Assemelha-se às asas de uma borboleta, através de camadas com vários tamanhos. No entanto, distingue-se porque as camadas apresentam-se em três níveis diferentes, algo que não acontece em cortes que seguem o mesmo estilo.

A tendência passa por camadas curtas na parte superior do cabelo, juntamente com camadas mais compridas. Ainda apresenta a popular franja cortina — também conhecida por curtain bang. Ou seja, mais curta no centro da testa e mais longa nas laterais.

O segredo está no styling

Além de brincar com as dimensões e de apresentar muitas camadas, o sucesso passa também pelo dinamismo que confere: “O movimento permite brincar mais com a forma do cabelo, tanto natural como quando se faz uma produção. Uma escova mais modelada ou ondas com babyliss criam ainda mais movimento”, acrescenta Diego Morais.

No entanto, a forma como o cabelo é estilizado é o fator mais importante para manter tudo no sitio. O aspeto messy pode ser intencional, mas não significa que haja cuidados. De acordo com o cabeleireiro, “a brincadeira passa pela forma de fazer o styling”. Tradução: pode aproveitar “uma escova mais modelada” ou a ondas com pontas retas, que tornam o look muito moderno.

Acaba por ser o visual ideal para quem quer adotar uma imagem nova, mas não pretende retirar comprimento a todos os fios de cabelo. De facto, dependendo do penteado que usar, dará mesmo a ilusão de que tem o cabelo mais curto. O truque é ir experimentando várias versões com cada dimensão.

Além disso, esta opção é perfeita para as mulheres mais nostálgicas. “[Repesca] sobretudo o estilo dos anos 70. Estamos a resgatar estes tipos de penteado, o cabelo mais volumoso e com uma franja mais marcada”, conclui Diego.

Carregue na galeria para ver exemplos da forma como o butterfly haircut está a ser incorporado por várias mulheres.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT