Beleza

Este creme antienvelhecimento é mais potente do que o retinol puro

O produto milagroso da Elizabeth Arden está à venda nos centros El Corte Inglés e nas lojas Douglas e Wells.
É o adeus às linhas de expressão.

Costuma dizer-se que “os 30 são os novos 20”, mas todos gostariam de evitar os inevitáveis sinais da passagem do tempo. No entanto, não são mezinhas caseiras nem fitas adesivas que vão retroceder o processo de aparecimento das tão odiadas rugas. Mulheres, que ainda não encontraram o creme milagroso de que precisam, a vossa odisseia terminou.

O retinol é o ingrediente cosmético mais apoiado pela comunidade dermatológica no tratamento dos sinais de envelhecimento, por isso mesmo, os consumidores procuram fórmulas eficazes com este ativo que garantam os melhores resultados, mas que sejam suaves para a pele. É neste grupo que se insere o Retinol + HPR Ceramide Water Cream Elizabeth Arden.

“Este creme combina a mais avançada tecnologia de retinol, retinol puro e HPR (um éster de ácido retinóico que é dez vezes mais potente e mais suave para a pele), para uma renovação e atenuação das rugas desde a primeira semana. Esta tecnologia altamente eficaz é acompanhada na fórmula por outros ingredientes antienvelhecimento: péptidos reafirmantes, ceramidas reparadoras, ácido hialurónico hidratante e uma combinação de bisabolol calmante e extrato de gengibre”, adianta Tatiana Recuero, training manager Iberia da Elizabeth Arden.

Lançado em novembro de 2023, o produto é um sucesso entre as especialistas de skincare, que destacam a eficácia aliada ao facto de, mesmo com retinol, este creme não ser agressivo — e, por isso, poder ser usado até por quem tem peles mais sensíveis.

Quem acompanha minimamente este mundo, sabe que o retinol em estado puro é um ativo muito forte. Deve ter uma aplicação gradual e sempre à noite, porque a molécula do retinol é sensível à luz ultravioleta e ao oxigénio, perdendo o efeito se for aplicada nas rotinas matinais. Mas tal não acontece com o creme da marca Elizabeth Arden.

Graças ao HPR e à vitamina E, a molécula é estabilizada, tornando-a eficaz mesmo com a exposição solar. Ainda assim, e para não restarem dúvidas, deve sempre aplicar-se proteção FPS na rotina diária — até naqueles dias mais nublados e no inverno.

Esta opção tem outra vantagem em relação ao retinol puro que os fãs mais esquecidos vão adorar. Não precisa de fazer skin cycling ou colocar no calendário os dias em que aplica o produto e aqueles em que dá descanso à pele. Este pode ser aplicado diariamente, pois graças à presença de bisabolol e da raiz de gengibre na formulação tem também uma ação de calmante.

Pode ainda contar com duas estrelas desta área de skincare: os fitoceramidas e o ácido hialurónico. Além de promovem a hidratação, auxiliam no preenchimento e textura da pele.

“É um cocktail que responde a todas as necessidades da pele num só gesto: antirrugas, reafirmante, hidratante, função barreira, luminosidade, etc. A textura em creme aquoso é super sensorial, leve e rapidamente absorvida, não deixando resíduos gordurosos e embelezando instantaneamente a pele. 100 por cento das pessoas que o experimentaram declararam que as rugas desapareceram em quatro semanas e que trocariam o seu creme habitual pelo Retinol + HPR Ceramide Water Cream”, acrescenta Tatiana Recuero.

Da mulher que revolucionou a Quinta Avenida a embalagens inovadoras

Muitos não saberão que Elizabeth Arden é uma marca com mais de um século de história. E talvez menos ainda conheçam o impacto que esta visionária teve no mundo da beleza desde o início do século XX.

Numa época em que as mulheres ainda não podiam votar nem ter uma conta bancária sem serem casadas, Elizabeth fundou o primeiro Red Door Salon na Quinta Avenida, em Nova Iorque. O espaço que levou à insígnia marcante da porta vermelha, era na época frequentado por uma elite onde um nome se destacava: Marilyn Monroe. Anos mais tarde, Elizabeth voltou a quebrar tudo o que já tinha sido feito. Em 1920, abriu o primeiro ginásio dentro do salão de beleza, mostrando desde logo uma visão sobre o wellness global — e não apenas com a parte estética ligada aos tratamentos de pele.

Com a aposta na dermocosmética que se seguiu, a empresária, que morreu em 1966, criou um império que ainda hoje perdura.

Aliás, a marca é conhecida pela sua constante inovação, como é o caso deste recente bestseller. É que, além da fórmula, até a embalagem do creme é importante na sua eficácia. Graças ao doseador airless — daqueles que se pressionam e sai sempre a mesma quantidade —, garante a dosagem precisa para não ter reações adversas ao retinol em excesso, enquanto preserva a fórmula, ao evitar contacto com a luz e oxigénio.

Este creme (111,82€ PVPR) e outros produtos Elizabeth Arden podem ser comprados no El Corte Inglés, na Wells, na Douglas e em algumas perfumarias seletivas.

A novidade Elizabeth Arden.

Áudio deste artigo

Este artigo foi escrito em parceria com a Elizabeth Arden.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT