Beleza

Há cremes que deve guardar no frio — e existe um mini frigorífico próprio para isso

Chama-se Beauty Fridge, ocupa pouco espaço e serve como objeto de decoração. E ajuda a melhorar a sua rotina de beleza, claro.
Além de útil, é muito fofo.

Da mesma forma que cada rotina de beleza é diferente, também o local escolhido para guardar os produtos varia. Embora algumas pessoas tenham organizadores próprios, muitas outras (provavelmente a maioria) deixam os cosméticos espalhados pela casa de banho. Quer pertença ao primeiro ou ao segundo grupo, descobrimos um mini eletrodoméstico onde alguns dos seus companheiros de beleza devem ser armazenados: no Beauty Fridge.

Sim, leu bem. Existe um frigorífico próprio para guardar determinados tipos de cremes, séruns, bálsamos e até mesmo vernizes. Tudo porque o calor é um verdadeiro inimigo dos seus cosméticos favoritos. Este gadjet de tamanho reduzido tem uma temperatura pensada para que os produtos mantenham uma maior durabilidade, sobretudo no verão.

Além disso, o frio contribui para evitar a propagação de fungos e de bactérias. Após abrirmos as embalagens, há sempre o risco de organismos que se tornam nocivos se multiplicarem no seu interior. Ou seja, se o local para guardar os cremes não for bem escolhido, a rotina de skincare pode tornar-se contraproducente. A manutenção dos produtos a uma temperatura adequada, também faz com que os minerais e os outros princípios ativos dos mesmos se mantenham estáveis por mais tempo. Ou seja, o frio assegura que a eficácia dos cosméticos se prolongue no tempo (idealmente até o produto acabar).

São mesmo adoráveis.

O creme ou gel para o contorno de olhos é um dos produtos mais utilizados por pessoas de todas as idades (sobretudo as querem prevenir as rugas nesta zona). No entanto, a maioria guarda-o num armário. O propósito destas fórmulas, que frequentemente incluem a cafeína como ingrediente, é ativar o sistema circulatório. Uma forma de otimizar este objetivo é aplicar o creme ou gel logo após serem tirados do frigorífico.

A origem do Beauty Fridge

Os créditos da criação do gadget são atribuídos a uma jovem empreendedora de 24 anos. A australiana Iris Smith desenvolveu a sua própria linha destes mini eletrodomésticos dedicados as cosméticos, após ter percebido que muitas mulheres guardavam os produtos nos frigoríficos das suas cozinhas. Colocar um creme ao pé dos legumes não é a escolha mais glamorosa de sempre (e provavelmente, não será também a mais saudável), então pensou numa outra opção. E quis resolver este problema recorrendo a um design atrativo.

Lançada a 30 de junho de 2019, a insígnia The Quick Flick, o império de beleza criado pela jovem, vendeu mais de 25 mil unidades do gadget no espaço de um mês. O Beauty Fridge um sucesso instantâneo e, três anos volvidos, continua a ser descoberto por muitas outras mulheres. “Armazenar os produtos num frigorífico de cozinha pode ser prejudicial. Alguns podem atingir temperaturas abaixo dos 0ºC, o que pode congelar ou matar os ingredientes ativos dos produtos de cuidados para pele”, contou a jovem ao “The Daily Mail” australiano, aquando do lançamento.

Iris idealizou o gadjet como o conhecemos atualmente, isto é, um pequeno frigorífico desenhado para ser prático, mas com um design cuidado. A maior parte dos modelos surgem em tons de rosa ou de branco, cores que transmitem tranquilidade.

Um mercado em crescimento

Apesar do conceito ter surgido do outro lado do mundo, é fácil comprar um destes modelos em Portugal. Os mais populares são os da marca Stylpro, que pode encontrar em superfícies físicas como a Worten, bem como na loja online da retalhista. Também está disponível em sites dedicados à cosmética, como a plataforma LookFantastic, que vende um modelo que embeleza qualquer canto da casa.

Um dos exemplos disponíveis no site Create.

Outra marca que tem ampliado a sua oferta neste segmento é a Create. A marca faz envios grátis para Portugal e na loja encontra um vasto leque de cores e, geralmente, o gadjet faz-se acompanhar de outros artigos. Pode, por exemplo, trazer uma escova facial ou vir sem nada. De qualquer forma, tem muitos modelos por onde escolher.

A média de preços ronda os 60€, embora consiga arranjar algumas opções abaixo dos 40€. Por outro lado, há mini frigoríficos que podem ultrapassar os 200€. Estes valores são também representativos do recente aumento na procura destes artigos. 

Carregue na galeria para conhecer vários produtos de beleza que deve manter a baixas temperaturas.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT