Beleza

Máscaras em tecido da Garnier passam a ser biodegradáveis

São as opções mais vendidas no mercado nesta categoria e agora passaram a ser mais amigas do ambiente.
São 14 máscaras.

As famosas máscaras de tecido da Garnier passaram a ser biodegradáveis. O compromisso da marca com a sustentabilidade levou a um esforço para que 14 das suas máscaras em tecido, as mais vendidas no mercado, passassem com sucesso no programa de testes.

Agora, são certificadas como biodegradáveis por compostagem orgânica pela TUV Áustria. Segundo os responsáveis, foram realizados 10 testes para avaliar quatro parâmetros (biodegradação, desintegração, ecotoxicidade e composição).

garnier
Algumas máscaras desta linha.

Para ganhar esta certificação, as máscaras em tecido Garnier Skin Active tiveram de passar todos estes testes da TUV Áustria, uma agência reconhecida mundialmente em inspeção e certificação. As acreditações nacionais e internacionais do grupo garantem a sua reputação de parceiro competente, seguro e fiável.

Estes produtos da Garnier ajudam a reforçar a barreira natural contra agressões externas e reduzir o seu desconforto. Há opções para hidratar, reafirmar, apaziguar, purificar, matificar, e com compostos como ácido hialurónico ou carvão ativado. Os preços rondam sempre os 2,99€.

Entretanto, há uma nova moda que está a tomar por assalto a indústria da beleza. São cada vez mais as celebridades que assumem os seus cabelos brancos com o máximo de personalidade — e estilo, claro. Carregue na galeria para conhecer alguns exemplos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT