Beleza

O novo salão de Lisboa foi inaugurado numa casa de luxo mesmo a tempo do desconfinamento

A Hair Luxury House de João Gaspar funciona à porta fechada e apenas por marcação. Aqui, a especialidade é a coloração.
João Gaspar trabalhou com Miguel Viana.

No final do ano passado, a Hair Luxury House teve um falso arranque que foi imediatamente travado pela entrada do País num segundo confinamento obrigatório. Logo após abrir portas, o projeto de João Gaspar, de 22 anos, foi forçado a encerrar a 15 de janeiro deste ano.

Depois de um período de dois meses desafiante para o empresário — que foi também sentido por dezenas de milhares de portugueses que trabalham neste setor — a esperança foi finalmente restaurada na passada quinta-feira, 11 de março, quando o primeiro-ministro apresentou o plano de desconfinamento no nosso País. Foram boas notícias: a partir desta segunda-feira, 15 de março, todos os salões de cabeleireiro, barbeiros, centros de estética e similares puderam retomar a atividade.

Fiquei muito feliz, claro. Principalmente porque assim poderei finalmente dar seguimento ao que comecei no final do ano passado e chegar a mais pessoas“, conta à NiT João Gaspar. No número 31 da Rua Rodrigues Sampaio, mesmo ao pé da Avenida da Liberdade, o seu espaço exclusivo já está preparado para receber clientes com todos os cuidados necessários em tempos de pandemia.

O conceito da Hair Luxury House de João Gaspar passa por oferecer um serviço de excelência em atendimento personalizado, exclusivo e apenas por marcação, para que “cada cliente tenha uma atenção dedicada”. A decoração do espaço espelha uma visão de privacidade, que mistura elementos de uma casa com os de um atelier de cabelos.

Fica num apartamento de cerca de 90 metros quadrados de um prédio nobre, que está dividido em várias salas: uma para o corte e styling, outra específica para coloração e uma terceira pensada para as lavagens de cabelo, aplicação de tratamentos e onde também se realizam os rituais de hair spa.

O maior foco do profissional é a cor, mais especificamente os tons naturais. João Gaspar admite que quer elevar esta área do cuidado de beleza ao estatuto de luxo. Trabalha no sentido de criar um “ideal natural”, seja este atingindo a cor original de uma cliente ou, no caso de uma mudança de visual, obter o tom que melhor condiz com as suas características pessoais. No entanto, um dos seus objetivos é permitir que a manutenção no dia-a-dia seja o mais facilitada possível.

hair luxury house
Algumas imagens do espaço à porta fechada.

João Gaspar licenciou-se em Design de Moda pela Escola de Moda do Porto. Já a sua experiência profissional foi sempre na área dos cabelos. Fez diversos workshops e trabalhou durante quatro anos com Miguel Viana, um dos mais conceituados profissionais deste setor. Durante esse período, esteve em salão, mas também fez assistência em trabalhos de moda.

Considera-se um autodidata, que começou por aplicar em casa o seu talento natural, usando como cobaias a sua avó, amigas, a mãe e a irmã. “Eu sempre quis ser cabeleireiro. Desde criança que me interesso pela área e comecei a explorar as minhas capacidades. Na altura, quando enveredei pelo curso de Design de Moda, fi-lo porque não me identificava com os curso de cabeleireiro que existiam”, recorda, acrescentando: “Como são duas áreas muito próximas, a moda e os cabelos, sabia que não ia ter problemas em mais tarde seguir o meu sonho de vir a ser cabeleireiro. Portanto, a passagem foi natural.”

Lançar-se num projeto próprio em tempos de pandemia exigiu “alguma coragem”. Foi um desafio difícil, agravado pelas restrições que foram sendo impostas pelas autoridades, mas nunca o impediu de querer prosseguir com a inauguração do seu espaço, um sonho que tinha há muitos anos.

“As pessoas vão sempre precisar dos cabeleireiros e sempre tive esperança que as coisas fossem melhorar em algum momento. Além disso, o conceito do espaço ajuda, neste momento. É à porta fechada, funciona por marcação e  os clientes são atendidos um de cada vez. Isto faz com que se sintam mais seguros e não haja receio de procurarem os meus serviços”, explica.

Na Hair Luxury House de João Gaspar, um brushing pode custar entre 26€ e 45€; a coloração varia entre os 50€ e os 85€; as nuances podem ir dos 106€ aos 245€ e um alisamento poderá custar entre 80€ e 200€. Além dos serviços de salão, também é possível fazer marcações para eventos, casamentos, atendimento ao domicílio ou em horário personalizado.

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por João Gaspar (@joaogasparportugal)

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Rodrigues de Sampaio, N. 31, S/L direito
    1150-278 Lisboa
  • HORÁRIO
  • De quarta-feira a sábado, das: 10:00
  • às: 19:00

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT