Beleza

Venceu um cancro para concretizar o sonho de criar uma linha de cosméticos naturais

A Mar Organic Handmade aposta em cremes de rosto, de corpo e sabonetes com aromas familiares e naturais.
A marca conta uma história de superação

Mariline Lopes é capaz de recordar com precisão tudo o que fez a 15 de dezembro. Foi um dia importante. Ao mesmo tempo que recebia a tão desejada alta médica que a libertava de um ano e meio de luta, carregava no botão que lançava no mercado a sua marca própria de cosméticos naturais e orgânicos. “Consegui finalmente juntar energias e canalizá-las para aquilo que gostava de fazer e que é o meu propósito de vida”, recorda à NiT a criadora da Mar Organic Handmade.

Aos 38 anos, a terapeuta holística teve que se reinventar. Formada em fitoterapia e cosmética, geriu durante oito anos o seu próprio spa na Herdade da Aroeira. Todos os anos, por altura do Natal, tirava um tempo para trabalhar e criar alguns produtos de beleza, cremes de corpo feitos com produtos naturais. O teste era feito nas marquesas e nos seus clientes.

“Já andava a testá-los já muitos anos. Sempre fui uma empreendedora e queria fazer os meus próprios produtos, biológicos, naturais e apanhados por mim”, conta. Criou então duas linhas, a Energiza, à base de alecrim, e a Relaxa, feita com alfazema.

O primeiro produto a nascer foi um creme de massagem pensado para bebés. “Comecei a usar tudo o que fosse comestível, até porque queria algo que não fizesse mal, que tivesse princípios ativos que os pudesse beneficiar”, explica sobre o creme que também podia ser usado em grávidas e pessoas com peles atópicas.

Os testes foram dando bons resultados e Mariline acabou por estabelecer a sua fórmula com recurso a azeite, cera de abelha, plantas típicas de Portugal e óleos essenciais. Infelizmente, um percalço obrigou-a a interromper todos os projetos.

“Em setembro de 2019 foi-me diagnosticado um linfoma e tive uma nova aventura para superar”, recorda. De forma silenciosa, o cancro foi dando sinais subtis, apesar das análises que, teimosamente, indicavam que estava tudo bem. Não estava e Mariline sabia-o.

Mariline Lopes lançou a marca em dezembro

“Comecei a ter alguns sinais do meu corpo e fiquei mais atenta, até pelo meu conhecimento de anatomia. Quis ir mais fundo nas análises e foi aí que descobrimos que já estava num nível muito avançado.” Fechou o spa, esqueceu o sonho de lançar a sua marca e entregou-se à luta.

Um ano e meio depois, a quimioterapia ficou para trás. A doença, ao que tudo indica, também. E enquanto não passam os cinco anos de atenta vigilância para qualquer recidiva, Mariline retoma a vida onde ela foi interrompida — mas as coisas não serão iguais e isso talvez não seja uma coisa má.

“As minhas mãos já não suportam o que suportavam, já não tenho a capacidade para me manter tanto tempo de pé como antigamente. Fui adaptando-me a esta nova condição do meu corpo”, explica. Fechou o spa, voltou a agarrar nos seus óleos e cremes e criou aquilo “que desejava e com que sonhava”, a Mar Organic Handmade.

Se a lição passa por pegar nas coisas más e fazer delas coisas boas, Mariline teve nota máxima. Durante a dura quimioterapia, não foram só as forças que se foram, também a pele sofreu — e decidiu experimentar a suas criações em si própria.

Os produtos da linha Relaxa

“À noite usava o creme Relaxa porque a alfazema ajuda a relaxar. De manhã colocava o Energiza, até porque o alecrim é mais estimulante. Notei que até o meu estado de espírito se alterava”, confessa.

Terminada a luta, percebeu que os seus produtos a tinham “ajudado imenso” e decidiu que além de criar um negócio, podia também “ajudar os outros”. Em cada uma das duas linhas — a Energiza e a Relaxa — é possível encontrar sabonetes, cremes de corpo e de rosto e esfoliantes. Para breve está também o lançamento de um desodorizante.

Os cremes de rosto e de corpo, bem como o esfoliante, custam 28€. Os sabonetes ficam por 8€. As encomendas podem ser feitas através da página de Facebook e são enviadas pelo correio. Todas as compras acima dos 28€ não pagam taxa de entrega.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT