Decoração

De um hobbie na quarentena nasceu uma marca portuguesa de cerâmicas artesanais

O cactuu aposta na produção de peças em barro, feitas à mão em Portugal por um oleiro.
Os preços variam entre os 13€ e os 40€.

Cláudia e Filipe queriam fugir à “exaustão do confinamento” imposto pelas autoridades para travar a propagação do novo coronavírus e acabaram por descobrir um hobbie a que quiseram dedicar as suas vidas. Começaram por fazer algumas peças de cerâmicas para a sua casa, os amigos gostaram e em junho lançaram O cactuu para fazer chegar as criações em barro a mais pessoas.

Esta marca portuguesa com produção e design artesanal dedica-se a criar velas, quadros e plantas, mas o core da operação são mesmo os vasos feitos à mão por um oleiro no seu atelier. “Tudo o resto é desenvolvido por nós, desde a escolha dos formatos das peças, às cores, passando pelo desenvolvimento e comunicação da marca”, explicam à NiT.

View this post on Instagram

SOLD Vase n.09 Handmade 3,5 x 38 cm – VENDIDA Jarra n.09 Feito à mão 3,5 x 38 cm . . . . . . #handmadeceramics #contemporaryceramics #ceramicstudio #ceramicspeed #instaceramics #functionalceramics #cataloniaceramics #ceramicsstudio #3dceramics #ceramicsart #trendsceramics #etsyceramics #historicalceramics #barro #handpaintedceramics #balceramics #ceramicspeedinside #loveceramics #spanishceramics #japaneseceramics #ceramicsforplants #ceramicsmuseum #ceramicsbarcelona #vasosdecorativos #barbutinoceramics #ceramicsoapdish #museumofceramics #modernceramics #minimalceramics #clay

A post shared by o cactuu (@ocactuu) on

Cláudia Sousa, de 25 anos, estudou Marketing no Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto. Filipe Costa, de 30, licenciou-se em Turismo pelo Instituto Politécnico de Viseu. Agora, o casal dedica-se a este projeto, que está à venda em exclusivo através das contas de Facebook e Instagram, com preços entre os 13€ e os 40€ e envios para todo o mundo.

“Um dos valores da marca é a sustentabilidade. Os envios são feitos em caixas de papelão, enrolados em papel. Evitamos ao máximo o uso de plástico”, acrescentam. O objetivo principal é promover a decoração de espaços interiores e exteriores “através da arte produzida à mão em Portugal”.

Além das peças em portefólio, O cactuu também aceita encomendas à medida e está a apostar em colaborações com artistas portugueses, sejam tatuadores, ilustradores ou designers. Até esta terça-feira, 15 de setembro, está a decorrer uma campanha de 15 por cento de desconto em toda a marca.

O cactuu
Os mestres da operação.

Quem manda nisto tudo?

Nomes: Cláudia Sousa e Filipe Costa;
Idades: 25 e 30 anos, respetivamente;
Guilty pleasures: Cláudia: “Ver a ‘Anatomia de Grey’ após 15 anos de estreia”; Filipe: “Ver vídeos de quiropraxia antes de dormir”;
Peça favorita: “A jarra N.9. É uma peça conceptual e traduz o conceito da nossa marca”;
Convençam-nos a conhecer a marca: “Uma marca contemporânea, conceptual e sustentável que tem como objetivo promover a decoração de espaços interiores e exteriores através de arte produzida a mão em Portugal.”

A seguir, carregue na galeria para conhecer algumas peças d’O cactuu.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT