Decoração

Há uma nova oficina em Lisboa para restaurar móveis antigos — e tem workshops grátis

Chama-se Ripas e é o novo espaço criativo da cidade. Por aqui pode dar outra vida a materiais e equipamentos danificados ou antiquados.
O espaço fica na Calçada da Boa-Hora, número 155.

Se tem um móvel antigo em casa e estava a pensar deitá-lo fora, mas não queria gastar dinheiro numa peça nova, o ideal é restaurá-lo de modo a que fique como novo. Para isso, nasceu um projeto na cidade de Lisboa, em parceria com a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia da Ajuda, que além de reaproveitar mobília, organiza workshops para quem quiser fazer uma recuperação do seu próprio mobiliário, de forma autónoma.

Falamos da Oficina Criativa Ripas, no edifício do Mercado da Ajuda, que abriu portas no dia 17 de maio, e está aberto a todos aqueles que precisam de ajuda em simples restauros ou até num processo mais longo de reparação de artigos maiores. O melhor é que qualquer pessoa pode aproveitar o transporte destes materiais, por parte dos serviços municipais.

Os workshops começaram na primeira semana de junho e são totalmente gratuitos, com o objetivo de reduzir os resíduos e dar uma nova vida a equipamentos através de um novo design. A ideia é que as pessoas comecem a recuperação da peça, aprendam o que é necessário fazer (por exemplo, como aplicar uma tinta primária, qual a tinta posterior mais indicada, como devem colocar um grampo para uma nova colagem) e depois darem os últimos retoques em casa.

Existem dois workshops semanais, de segunda a sexta-feira, de manhã ou de tarde. Duram cerca de três horas e para se inscrever só precisa de enviar um email para a oficina, e indicar o dia da semana e o turno que prefere. 

Cada participante tem um acompanhamento personalizado, a sua própria bancada, e acesso a todas as ferramentas e materiais necessários. Contudo, elementos como: luvas, lixas, pregos, parafusos, cola, primário e tintas têm um valor adicional, que varia entre os 2,5€ e os 5€ por pessoa.

Além dos móveis que cada pessoa pode “trazer”, este novo espaço pretende recuperar muitos outros que os serviços de Higiene Urbana recolhem da rua diariamente.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT