Decoração

Homefullness: a tendência de decoração para um lar mais pacífico

O conceito nasce da prática de mindfullness e visa o bem-estar, a tranquilidade e o conforto em casa.
As formas orgânicas e os materiais naturais são um must.

Olhar para a nossa casa como um santuário, preservando-a como um lugar de paz, tornou-se uma necessidade — sobretudo no contexto da pandemia de Covid-19. A azáfama dos dias acelerados pede que o nosso lar se torne um refúgio, com as quatro paredes a conferirem o alívio e a plenitude que precisamos. Para responder a esta necessidade surgiu o conceito de homefullness, uma referência à prática meditativa de mindfulness — ou atenção plena, em português —, com a mesma filosofia de viver de forma mais sã.

A tendência, que tem triunfado em 2022 e continuará em destaque na decoração de interiores, pretende trazer tranquilidade a qualquer casa. O termo foi apresentado por Tiffany Watt, na obra “O Livro das Emoções Humanas”, na tentativa de descrever a sensação de prazer ao regressarmos a um local onde pertencemos. Esse sítio, para muitas pessoas, será dominado pelo minimalismo e pelo silêncio.

As referências a elementos da natureza são uma das marcas do homefullness.

“Há, sem dúvida, mais interesse na decoração do que alguma vez existiu. Muitas vezes, as pessoas escudam-se em tendências minimalistas, que simplificam porque têm medo de arriscar”, explica à NiT a arquitetura e decoradora Sissi Santos. A tendência indica que devem existir poucos elementos decorativos e devem ser todos na mesma paleta de tons, o que a torna mais fácil implementar: “não está errado. Facilita a vida às pessoas”.

Ainda assim, o conceito de bem-estar vai depender sempre do tipo de pessoa que habita a casa.“Ser minimalista ou ter uma casa em tons claros não é sinónimo de paz para toda a gente. Existem pessoas para quem sentirem bem-estar e felicidade em casa significa estarem rodeadas de objetos que lhes tragam boas memórias”, acrescenta.

Introdução à homefullness

A adaptação destes sentimentos de prazer e alívio à decoração de interiores está muito associada ao minimalismo e à organização. Enquanto a falta de harmonia causa uma aversão, manter a casa em ordem, torna o quotidiano mais fluído e fácil. Saber o lugar de cada objeto provoca um sentimento de segurança. Isto é alcançado por um modo de viver mais despojado e com menos objetos.

É também através desta simplicidade visual que nasce um ambiente menos exaustivo. Não importa qual é o estilo, uma decoração excessiva irá sobrecarregar o espaço, enquanto uma estética mais clean alivia a atmosfera. Uma das estratégias para atingir este objetivo é recorrer a cores mais neutras. Porém, Sissi defende que podem ser acrescentadas nuances e certos apontamentos de cor podem representar bem-estar. “A pessoa pode conseguir implementar o estilo, perceber que falta algo e ir arriscando. Será que há algum tom que possa acrescentar? Qual é a cor de que sempre gostei, desde infância?”.

Pode apostar nas formas orgânicas.

Quanto à decoração, os materiais naturais — e a própria natureza em si — são uma das principais apostas da homefullness. Para quem não consegue cuidar de plantas, uma vez que podem ser uma causa de stress para quem não tem tempo, existem alternativas. “Pode ter a madeira muito presente e materiais têxteis orgânicos, como o algodão, o linho e a seda”, explica a decoradora. Ao mesmo tempo, a referência não tem de ser direta. Através de quadros, fotografias, gravuras ou até mesmo apontamentos verdes, a ligação é eficaz.

Recorrer a formas redondas é outra das formas de atingir este objetivo. Se olharmos para a natureza, arestas, vértices e linhas mais retas nunca estão presentes. Faz sentido que, para emular a pacificidade transmitida pelo mundo natural, se parta das formas orgânicas e suaves. Uma mesa de centro redonda, por exemplo, é um dos objetos de desejo para quem pretende mergulhar nesta tendência de decoração.

“As pessoas procuram dicas infalíveis, só que não existem fórmulas que funcionem para toda a gente”, conclui Sissi Santos. “Cada um tem de fazer o seu trabalho de pesquisa para descobrir o que funciona para si”, aconselha.

Carregue na galeria para conhecer alguns objetos que podem tornar o seu lar num verdadeiro templo de paz.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT