Decoração

Um T3 custa 1 milhão de euros no novo empreendimento de luxo do Campo Pequeno

Chama-se Lumino, terá uma piscina no rooftop e vai estar pronto no final do segundo trimestre de 2022.
Um T1 começa nos 315 mil euros.

Já estão a ser vendidos os primeiros 97 apartamentos do novo empreendimento de luxo do Campo Pequeno, em Lisboa. Chama-se Lumino e a venda dos imóveis arrancou na passada terça-feira, 24 de fevereiro, segundo o “Jornal de Negócios“.

O projeto da Round Hill Capital e da TGP Real Estate Partners (TREP) está em fase de construção e deverá estar concluído no final do segundo semestre de 2022. O investimento neste empreendimento de luxo terá rondado os 150 milhões de euros.

Além da vertente residencial, o Lumino terá uma residência para estudantes e áreas de comércio e lazer. O projeto arquitetónico foi assinado pela Saraiva+Associados e pelo atelier TP Bennett que, segundo os responsáveis, é especialista em residências para estudantes. No total, serão cerca de 300 apartamentos residenciais de “alta qualidade” (que ocupam uma área de 27 mil metros quadrados) e 380 camas para estudantes.

O “Jornal de Negócios” apurou que os preços começam nos 315 mil euros num T1 com 53 metros quadrados, mas os valores para esta tipologia podem ir até aos 443 mil euros, no caso de um apartamento com 72 metros quadrados. Já os apartamentos T2 oscilam entre os 585 mil euros e os 750 mil euros, podendo as áreas variar entre 95 e os 113 metros quadrados.

Por fim, quem quiser comprar um T3 no Lumino terá de gastar, pelo menos, 958 mil euros. Este é o preço para uma casa com 144 metros quadrados. O valor pode subir até 1,060 mil euros (mais de um milhão de euros), caso prefira um apartamento com a área máxima disponível: cerca de 179 metros quadrados.

Este empreendimento inclui acesso a uma piscina de 15 metros no rooftop, com uso exclusivo para residentes. Nas imagens do projeto, é possível ver uma estética arquitetónica moderna, com muitas janelas ao alto, luz natural, soalho de madeira, varandas com vista sobre Lisboa e a Praça de Touros do Campo Pequeno, espaços comuns com vegetação e a tal piscina no telhado rodeada por um deck com espreguiçadeiras.

A construção do empreendimento foi anunciada em novembro de 2018 e representa a primeira transação conjunta da Round Hill Capital e da TREP no nosso País. O processo de venda está a encargo das agências imobiliárias JLL e Castelhana, com os 97 apartamentos postos inicialmente a venda.

“Estamos muito entusiasmados por lanças a primeira fase de vendas do projeto Lumino. Lisboa tem visto um desequilíbrio grande entre a oferta e a procura de soluções de alojamento de alta qualidade nos setores residencial e estudantil, forçando as pessoas a deixarem a cidade”, refere Michael Bickford, fundador e CEO da Round Hill Capital.

E acrescenta: “Este projeto é um sinal da nossa aposta no investimento em Portugal, que prevê colmatar este desequilíbrio e ajudar a apoiar o crescimento do imobiliário nacional. Estamos ansiosos para contribuir para o sucesso deste projeto e, assim, expandir ainda mais o nosso portefólio em Portugal, bem como em todo o mercado europeu.”

Já Michael Abel, representante da TREP, referiu que esta parceria “foi lançada com base na nossa convicção relativamente ao mercado residencial urbano de Portugal e proporcionará espaços habitacionais de alta qualidade, convenientes e centralizados em Lisboa”.

A seguir, carregue na galeria para ver algumas imagens do empreendimento Lumina.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT