Lojas e marcas

A carteira portuguesa da Ownever que vence prémios internacionais

A peça 2157 foi lançada com o objetivo de chamar à atenção para o ano em que se prevê que a desigualdade salarial termine.
Um modelo intemporal.

Apesar de ser jovem, a Ownever — lançada em março de 2021 — é uma daquelas etiquetas nacionais que se distingue, desde o início, pela diferença. Além de se propor a criar peças de luxo com um design capaz de sobreviver ao passar dos tempos, aplica uma garantia vitalícia aos seus produtos, e mantém uma preocupação ética constante com a produção das suas peças. Um bom reflexo disso é a carteira 2157, um modelo lançado em novembro que procura chamar a atenção para o problema da desigualdade salarial através do seu nome. E que agora foi premiada com dois galardões.

As medalhas foram entregues no dia 31 de Dezembro, nos Prémios Lusófonos da Criatividade. Um festival internacional, sediado em Portugal, que pretende condecorar os melhores dos mercados publicitários e de comunicação dos países de língua oficial portuguesa. Neles, a Ownever, com uma campanha feita de propósito para a sua peça, levou para casa os galardões de prata e bronze na categoria de Design de Produto e de Responsabilidade Social/Ambiental da Empresa (respetivamente).

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por ᴘᴇᴅʀᴏ ᴄᴏsᴛᴀ (@pcosta.pt)

Em jeito de reação a este prémio, Eliana Barros, fundadora da marca, disse: “Provavelmente não estarei por cá quando a igualdade de género, incluindo a salarial, desaparecer, o que é muito triste. Por isso, criar esta mala com este simbolismo, foi muito importante para mim, e receber estes prémios por isso, dado ainda mais ênfase a este tema, é de facto muito recompensador.”

A campanha desta peça, que se foca na desigualdade salarial, evidenciando o ano em que o World Economic Forum marca como aquele em que o problema chegará ao fim — 2157  —, foi desenvolvida pela agência Coming Soon Lisboa. Carregue na galeria para conhecer melhor este modelo.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT