Lojas e marcas

A nova loja de Benfica mistura roupa e acessórios com provas de degustação de vinhos

A Corta na Casaca foi criada por um casal divorciado. No espaço do tradicional bairro de Lisboa também se pode petiscar.
O espaço está situado em Benfica.

Cada caso é um caso, mas quando um casal se divorcia, a tendência é seguirem caminhos separados. Helena Vasconcelos e Manuel Cordeiro, 52 e 54 anos, são a exceção que confirma a regra Divorciados há pouco mais de um ano, substituíram “marido e mulher” por “amigos” e, mais tarde, por “sócios”.

A Corta na Casaca, em Lisboa, surgiu da união das valências de cada um. Situada no número 48B da Estrada de Benfica, abriu no final de abril com direito a uma esplanada “para convívios”. Afinal, não é uma loja típica: vende peças de vestuário, acessórios e artigos de decoração, mas também queijos e vinhos, que os clientes podem petiscar ali mesmo.

“Este projeto surge da vontade [do Manuel] de ter um espaço de produtos regionais”, conta à NiT Helena. Ela tinha experiência no atendimento ao público em lojas de roupa. Ele, apaixonado por comida, foi proprietário de um restaurante no Bairro Alto, o Speedy, nos anos 90.

Quando encontraram uma loja ampla, com 80 metros quadrados, pensaram em juntar as duas paixões. O espaço foi criado a pensar nos residentes, tal como outros negócios ali à volta. “Sou residente [em Benfica] e vejo imensos casais em passearem. Incluímos todas as coisas que as pessoas gostam”, acrescenta.

As peças de vestuário e os acessórios são de duas marcas ali presentes à consignação. A Maria Papaia e o Atelier 91, ambas portuguesas, foram as convidadas para ali exporem as suas criações. Já os objetos de decoração são coisas que os gerentes foram reunindo ao longo da vida, incluindo alguns herdados, que estavam guardados.

Como espaço não falta, ainda acrescentaram pão alentejano, queijos e vinhos exclusivos à oferta. Podem ser comprados para levar para casa, mas também para serem provados ali mesmo, “porque não há como as pessoas conhecerem os produtos.”

“Vamos fazendo degustações gratuitas a cada 15 dias na loja. São pequenos momentos de convívio”, explica. “Temos uma excelente garrafeira de pequenos produtores porque queremos ter propostas diferenciadas.”

Para quem quiser passar mais tempo na loja, abriram ainda a esplanada a tempo dos dias quentes. Ao vinho, juntam-se os gins, o whiskey e a vodka, por exemplo. E não é obrigatório consumir, mas é uma forma de passar ali um momento descontraído.

Quanto à decoração, foi toda feita pela dupla. Aproveitaram a estrutura antiga da loja, que durante 30 anos foi acolheu o atelier da estilista Isilda Pelicano. Aproveitaram alguns biombos e, na antiga sala de provas, fizeram a garrafeira. “[O estilo] é a continuação daquilo que é a minha casa, uma mistura do antigo e do moderno”, conclui Helena.

Os preços da roupa e acessórios oscilam entre os 7 e os 79 €. Já no caso dos vinhos, os preços começam nos 5 € e vão até aos 154 €.

Carregue na galeria para ver imagens da nova loja de Benfica, onde há de tudo o pouco.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Estrada de Benfica, 498B
    1500-105 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Segunda-feira das 15h30 às 19h30
  • Terça-feira a domingo das 10h30 às 19h30

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT