Lojas e marcas

A Sand Lisbon roubou as pérolas ao mar e transformou-as em joias incríveis

É uma marca feita por duas irmãs com espírito criativo — e que sempre sonharam trabalhar juntas.
A marca foi lançada a 13 de fevereiro

Apesar dos oito anos de diferença, Michelle e Tânia Reis são mais do que irmãs. São amigas, confidentes e sempre partilharam um gosto pelas das artes, algo que se torna claro nos seus percursos académicos. A primeira, com 30 anos, é formada em design de moda e tem um mestrado em ciências da comunicação. A segunda, 38, é formada na área de produção e criação de artes digitais. E apesar de ambas terem esta paixão comum, nunca pensaram que a joalharia seria um possível veículo para exibirem a sua veia criativa.

A ideia de lançar um projeto já existia há algum tempo, embora não fizessem bem ideia do que poderia ser. Sabiam que teria que ser algo para fazerem juntas.

Foi por iniciativa de Michelle que a Sand Lisbon começou a ganhar forma. “Queria criar algo inspirado em pérolas e que melhor do que uma coleção completamente feita à mão, onde cada peça é única?”,explica uma das fundadoras à NiT. “Depois disso, tudo se conjugou de forma muito natural, porque sempre existiu uma grande vontade de as duas fazermos com que nascesse um projeto. Neste caso, uma marca que permitisse executar todas as fases do projeto, desde a criação das peças até a produção fotográfica e partilha de conteúdo. Acabaria por ser uma excelente combinação das paixões e saberes de cada uma.”

As primeiras peças foram sendo criadas e a marca foi lançada oficialmente a 13 de fevereiro. Ambas naturais de Santa Cruz, uma pequena localidade à beira-mar em Torres Vedras, foi precisamente a esse ambiente que foram buscar inspiração. As pérolas são o elemento que as liga ao oceano e o aço dourado ao tom da areia da praia.

“Pode parecer um cliché, mas verdade é que as peças têm a inspiração no mar e na praia, mas também no corpo humano. No que concerne à escolha de pérolas como peça essencial e a água sendo o seu meio primário, pareceu uma escolha natural. E é interessante pensar que um objeto tão delicado e sublime como uma pérola se mantém tão elegante, magnifico e elementar, sem nunca perder a sua verdadeira essência. Continua inalterada, desde do momento em que nasce”, explica Michelle.

Algumas peças da marca.

“As peças da Sand Lisbon criam o contexto para as expor, criando formas alternativas de serem utilizadas e vividas. Assenta essencialmente na crença de que o corpo humano é o palco perfeito para a disposição de pérolas, criando-se uma interligação harmoniosa, elegante e natural.”

Tal com tinham planeado, todas as peças da marca de joias portuguesas são feitas à mão. No entanto, e para evitar desperdício de stock, elas só são feitas mediante encomenda.

O objetivo final da Sand Lisbon é o de “homenagear o ser humano, a mulher e o homem, que procurem peças únicas, com um look vintage, mas simultaneamente contemporâneo e elegante.”, contam. Ao mesmo tempo, procuram também honrar o centro litoral de Portugal, mais concretamente a Vila e Praia de Santa Cruz. Para isso recorrem então a este material — presente em todos as joias — que atualmente é uma enorme tendência.

Atualmente todas as peças estão disponíveis para compra no site e no Instagram da marca. Os seus valores variam entre os 10€ e os 45€.

Carregue na galeria para conhecer alguns dos modelos disponíveis.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT