Lojas e marcas

A Uhma instalou-se em Alvalade com vestidos de noiva e peças para convidadas

O espaço foi inaugurado em junho e também inclui um showroom com coordenados de festa, sapatos e vestuário de criança.
São modelos simples, mas com costas trabalhadas.

Na contagem decrescente para o dia do casamento, uma noiva quer sentir-se especial. Ao inaugurarem a Uhma, Sara Faria e Ana Lopes, ambas com 36 anos, decidiram dar resposta a este desejo. O principal foco da etiqueta de bridalwear é a personalização. Começaram em Campo de Ourique, em 2016, mudaram-se para as Amoreiras e, desta vez, instalaram-se em Alvalade. A loja começou a funcionar no número 7A da Rua Eugénio de Castro Rodrigues, em Lisboa, nos últimos dias de junho.

Com a abertura da loja, conseguiram cumprir com o objetivo de aumentar a oferta neste segmento. No início, vendiam apenas vestidos de noiva — todos feitos por medida —, mas já incluem vestidos de festa, roupa infantil com materiais reciclados e sapatos produzidos em Portugal.  “Começou a correr tão bem que achámos que não devíamos funcionar apenas por marcação”, explica Sara à NiT.

E acrescenta: “Abrimos um espaço mais dinâmico do que o atelier, que era mais pequeno, e estava sempre fechado. Queríamos ter um showroom acessível a toda a gente, porque começaram a aparecer muito mais clientes interessadas, além das noivas”.

A Uhma distribui-se por dois pisos, com funções diferentes. Um está aberto ao público e, o outro, é mais privado e intimista. É ali que as noivas fazem as provas, acompanhadas por familiares e amigos.

Pode comprar sapatos no showroom.

A decoração espelha um universo feminino, com muita luz natural, tons neutros e peças decorativas delicadas e com detalhes subtis. “São mulheres a trabalhar para mulheres”, reforça. Quem procura a Uhma, sabe que o universo das noivas é, muitas vezes, um negócio muito sério e formal, e querem algo diferente: “Somos muito pouco formais. Damos sugestões para o dia, para os acompanhantes e quem nos procura. Temos uma abordagem mais próxima e não nos levamos tão a sério”.

Na Uhma, “os vestidos são o resultado de um processo criativo único”, já que cada modelo é diferente. Cada cliente traz consigo as suas ideias e as sugestões das pessoas mais próximas às quais se junta a visão criativa das duas sócias. Sara define o processo como “muito espontâneo” e “pouco organizado”, mas “o resultado final acaba por ser a cara da pessoa”.

As mãos que cuidam de cada detalhe do sonho de cada cliente pertencem às três costureiras fixa que trabalham com a marca. Ao todo, somam-se 124 anos de experiência e dedicação. Sara e Ana também contribuem ajudam a produzir os modelos, além de serem responsáveis pelo design e realizarem o atendimento e o fitting.

A Uhma está presente nos dias mais especiais.

Apesar da exclusividade e da personalização de cada uma, todas as criações têm uma característica comum. A Uhma prima sempre pelo conforto. “Quando fiz o meu vestido, garanti que conseguia usá-lo até ao fim da noite, sem me cansar e a dançar até me doerem os pés”, recorda. “Temos o cuidado de os materiais não serem pesados ou sintéticos. Somos apaixonadas por costas mais arrojadas, mas gostamos de vestidos mais simples”.

Para agendar uma marcação no atelier, pode entrar em contacto através do e-mail info@nulluhmastore.com. O atendimento a clientes que procuram vestidos de noiva funciona apenas por marcação prévia, mas também pode visitar o showroom no número 7A da Rua Eugénio de Castro Rodrigues, em Lisboa, ou descobrir mais no site da marca.

Carregue na galeria para descobrir alguns dos vestidos de noiva criados pela Uhma. Os preços variam conforme o modelo e os tecidos escolhidos.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Eugénio de Castro Rodrigues 7A
    1700-183 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Segunda a sexta-feira das 10.30h às 13.30h e das 14h30 às 18h