Lojas e marcas

Além de tirar fotos incríveis, o Huawei P60 Pro é uma verdadeira peça de moda

A traseira em pérola rococó é um maravilhoso destaque de design do modelo da marca chinesa.
Um design surpreendente.

Sabemos que hoje em dia as capas de smartphones são um statement de estilo individual. No entanto, é preciso dar valor ao trabalho que a Huawei tem feito nos seus últimos modelos. Se tivéssemos uma linha de telemóveis virados para baixo em cima da mesa, o Huawei P60 Pro destacar-se-ia facilmente de qualquer um. Com pó de pérola, o brilho e textura criam um design requintado e moderno que fará qualquer fã de moda querer ter este acessório a completar o seu estilo do dia a dia.

Além da parte em que parece uma peça de madrepérola, as lentes deste telemóvel criam uma estética única, que mais parece uma câmara fotográfica analógica, graças ao posicionamento do zoom e do flash.

Mas não é só de design elegante que se faz este smartphone. Depois de ter passado algumas semanas de utilização, posso garantir que, para alguém com mãos pequenas, este é um telemóvel ergonómico que, apesar do tamanho, é bastante maleável com uma mão. O ecrã Quad-Curve é uma característica que proporciona precisamente este conforto. Além de ser uma surpresa quando estamos a ver séries ou até os reels do Instagram, oferecendo uma maior amplitude dos conteúdos.

E não esteja preocupado a pensar que os novos telemóveis são só beleza e pouca qualidade. O vidro do ecrã do P60 Pro é produzido com Kunlun Glass, um material ultrarresistente, tanto a quedas como a riscos.

Outra característica surpreendente é a bateria. Já não sabia que era não precisar de carregar o meu telemóvel todas as noites. Mas agora ando muito mais descansada, sem aquele receio de ficar incontactável de forma inesperada. A bateria dura realmente muito tempo, mesmo quando utilizado o telemóvel intensivamente, entre trabalho e atualizações dos meus amigos. Melhor ainda é saber que — como costuma acontecer regularmente —, se me esquecer de deixá-lo a carregar durante a noite, o tempo de me despachar de manhã antes de sair de casa é suficiente para ter a bateria a 100 por cento com o modo Turbo.

Estas são as fotografias que vai querer imprimir e expor em casa

Já ninguém o faz e, sinceramente, é para mim uma das maiores tragédias do século. Dos milhares de fotografias que tiramos com os nossos telemóveis, quantas é que chegam às paredes ou molduras do móvel das nossas casas? Poucas ou nenhumas. E se há coisa de que eu gosto, é de andar pelas salas dos meus amigos ou família a bisbilhotar os livros das estantes com as fotografias que por lá andam.

Hoje vemos maioritariamente fotografias antigas nas casas dos pais, tios e avós — e talvez uma ou duas recentes na casa dos nossos amigos. Mas depois de experimentar o Huawei P60 Pro, percebi que as nossas memórias podem bem viver na nossa casa. E com alta qualidade.

As características técnicas da câmara principal deste modelo oferecem fotografias vívidas com detalhes nítidos, em condições desfavoráveis, como ambientes com pouca luz e cenários com contraste elevado. Já a teleobjetiva Ultra Lightning — a maior alguma vez colocada num telemóvel — vem reforçar a capacidade de conseguir as melhores fotografias noturnas, mas também em eventos como concertos. E isto tudo sem ter de fazer grandes alterações técnicas nos parâmetros da câmara.

A NiT andou a explorar a fotografia deste Huawei P60 Pro um pouco por todo o País. Por exemplo, em Setúbal, Oeiras ou Seixal, onde o mar faz muito parte do cenário, percebe-se bem a saturação equilibrada das cores: os verdes, os azuis e o amarelos são bastante vívidos, mas sem parecerem artificiais. Entende-se que, naqueles dias, havia boa luz e um céu límpido que proporcionou realmente aqueles tons.

A inteligência artificial é outra grande mais-valia desta câmara, com uma abertura autoajustável em função do momento. Isto torna-se essencial para quem não tem grandes conhecimentos técnicos de fotografia. Desta forma consegue captar paisagens e fotos de grupo garantindo o detalhe e a profundidade do plano. De certeza que não sou a única pessoa a tirar fotografias de grupo em que os amigos que estão lá atrás aparecem demasiado desfocados, certo? Pois, com o Huawei P60 Pro isso já não acontece.

Ainda nos roteiros das nossas revistas New in, o zoom foi outro elemento essencial. As objetivas Long Travel Slide Zoom deste telemóvel são a maior ajuda possível tanto para fotografias de longa distância, como para captar todos os detalhes de uma foto macro, como a dos nossos animais de estimação ou de pormenores na natureza. Com uma oferta vasta de edifícios históricos, as imagens captadas no Porto e em Coimbra mostram como o detalhe não escapa às lentes deste telemóvel.

De peça digna de museu a uma câmara infalível, este é um smartphone que facilmente conquista aqueles que não descuram nos detalhes. Já pode ser comprado nos locais habituais por 1.249,99€.

Carregue na galeria para ver algumas das fotografias tiradas com o Huawei P60 Pro nas cidades.

ver galeria

Áudio deste artigo

Este artigo foi escrito em parceria com a Huawei.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT