Lojas e marcas

Estas foram as maiores aberturas de lojas em Portugal nos últimos 20 anos

A IKEA só chegou em 2004 e, parece impossível, mas as lojas da H&M, Primark e Pandora são uma novidade ainda mais recente.
A Tiger só chegou em 2012.

Em dezembro de 2020, é difícil imaginar um mundo onde não podemos ir a correr para a IKEA de cada vez que temos uma urgência decorativa em casa. Seja para comprar um novo sofá, uma estante para os livros ou um daqueles objetos que nem sabíamos que precisávamos na nossa vida, a cadeia sueca que nos introduziu aos manuais de “faça você mesmo” tornou-se indispensável nos hábitos de consumo de muitos portugueses.

Parece incrível, mas foi só em 2004 é que a marca low cost chegou ao nosso País, primeiro com a loja de Alfragide, que contou com um investimento direto de 60 milhões de euros, e depois aos espaços de Loures, Matosinhos, Loulé e Braga. 

Os últimos 20 anos ficaram marcados por muitas aberturas de espaços emblemáticos, mas também pela chegada de marcas que são agora omnipresentes. Primark, Flying Tiger, H&M e Pandora também estão em destaque, mas não nos podemos esquecer de centros comerciais que fizeram história. Ainda se lembra que, em 2009, o UBBO foi inaugurado como o maior centro comercial da Europa?

No que toca aos espaços de referência, não nos podemos esquecer da Fashion Clinic, comprada por Paula Amorim em 2005 para se transformar na loja multimarca mais conceituada em todo o País. A NiT reuniu uma lista com as maiores aberturas que aconteceram em Portugal nos últimos 20 anos. Carregue na galeria para as conhecer.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT