Lojas e marcas

As peças da nova coleção da JEF que todos os homens vão querer usar

A linha primaveril "RITUAL" é inspirada na multiculturalidade e pensada, desenhada e produzida em Portugal.
A coleção tem uma inspiração cultural.

Embora ainda estejamos no inverno, a JEF já conseguiu transportar-nos diretamente para a primavera graças à “RITUAL”, a nova coleção de roupa masculina desta marca 100 por cento portuguesa. A linha de primavera e verão inclui várias peças tendência em tons terra, como o caramelo e o bege.

Lançada em setembro de 2019, a JEF caracteriza-se, sobretudo, por ser uma marca jovem e casual. O principal objetivo do seu fundador, José Luís Fernandes, foi criar uma marca masculina, em que mais do que peças bonitas, se fizessem artigos com história.

Depois do sucesso da primeira coleção da marca, “NAU: A Viagem e o Encontro”, nasceu agora a “RITUAL”, disponível na loja online da marca desde 9 de março. Desta vez, a linha, que se apresenta como uma celebração multicultural, procura simbolizar as tribos indígenas de África e da América do Sul que se cruzaram com os navegadores portugueses.

“Quem veste uma peça JEF sabe que transporta um legado, uma mensagem e um desígnio. Esta é uma marca que expressa a multiculturalidade e a lusofonia, à conquista do mundo”, conta à NiT o responsável pela marca.

Para isso, a nova coleção da JEF foi pensada e desenhada para aliar tecidos de grande qualidade a designs e padrões enigmáticos de tribos indígenas. Há T-shirts, camisas, pólos, calças, calções ou casacos em tons terra, como o caramelo e o bege, conjugados com azul atlântico; e cores mais fortes como o verde, vermelho e amarelo. Uma das grandes novidades da marca portuguesa é a mais recente linha de sapatilhas desportivas e, ao mesmo tempo, com um estilo super clássico.

“Arte, música, dança e espiritualidade fundem-se nas manifestações culturais dos grupos tribais a que a coleção RITUAL presta homenagem”. É precisamente por isso que todas as peças têm um design clean e padrões tribais, como máscaras, esculturas, desenhos e símbolos enigmáticos, bem típicos das tribos indígenas — casos da Ovimbundo, de Angola, e da Tikuna, da Amazónia, no Brasil.

Sendo uma marca totalmente portuguesa — toda a coleção é produzida em Paredes —, a JEF pretende proporcionar uma nova experiência de vestuário aos homens. Por isso mesmo, a maioria das peças desta nova coleção é produzida em algodão orgânico, uma opção mais ecológica, sustentável e até saudável. Isto porque o cultivo de algodão orgânico não recorre a aditivos sintéticos ou pesticidas, não é geneticamente modificado e representa um menor consumo de água.

“A JEF compromete-se com a preservação ambiental, adotando medidas à altura de uma marca apaixonada pela cultura que nos une”, acrescenta José Luís Fernandes.

A seguir, carregue na galeria para conhecer as melhores propostas da nova coleção primavera e verão da JEF.

Este artigo foi escrito em parceria com a JEF.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT