Lojas e marcas

Atenção, futuras mamãs: já chegou o biquíni que se adapta aos 9 meses de gestação

Na sua nova coleção, a marca portuguesa Naji Swimwear aposta num modelo versátil que pode ser usado durante toda a gravidez.
A nova coleção foi lançada no dia 1 de maio.

A gravidez é uma das fases mais bonitas na vida de uma mulher, que vê o seu corpo a transformar-se de forma majestosa. Se estas mudanças podem ser encaradas como um processo emotivo, também acarreta mmuitos desafios no que diz respeito ao vestuário. Uma ida à praia, por exemplo, implica, para muitas mulheres grávidas não poderem usar o seu fato de banho favorito. Com o objetivo de propor uma alternativa para estas situações, a marca nacional Naji Swimwear, conhecida pelas pelos cortes simples que duram muitos verões, lançou um biquíni dedicado ao período de gestação.

“Já tinha notado esta lacuna no mercado há 2 anos, mas criar uma peça versátil, confortável e ao mesmo tempo bonita não é fácil”, revela à NiT Isabel Janson, a fundadora de 25 anos. “No verão passado, a minha irmã estava à espera de bebé e desesperada por não existirem biquínis de marcas portuguesas para grávidas. Foi a minha inspiração e o sinal para avançar”, conta.

Durante a gestação, existem vários aspetos que se tornam cruciais para a mulher. O suporte para a barriga ou o desejo de não mostrar o umbigo, por exemplo, foram algumas das questões que a fundadora da marca teve em mente. Apesar da cintura subida do modelo, esta não significa que essa zona não possa ficar bronzeada: basta colocar a faixa para baixo. A cueca “Maternity Lovely Bottom” custa €55,35, enquanto os tops podem ser comprados por 40€ no site da Naji.

O biquíni tem um corte especial para dar suporte ao peso da barriga nesta fase.

A cueca do biquíni foi feita para se adaptar às diferentes etapas da gestação, acompanhando todo o processo de maternidade. Para ser versátil e acompanhar o crescimento da barriga, a peça é ajustável nas costas com uma laçada: “A gestação ocorre em 9 meses e o corpo altera-se a uma grande velocidade, tornando a roupa que conseguirão vestir durante esse período uma preocupação constante para as mulheres”.

Em relação à confeção, a Naji apostou num forro confortável e em licra de alta qualidade, para que a peça dure e possa ser “um biquíni para várias gravidezes”. O corte em U na cueca, antes da faixa, garante o suporte do peso da barriga. A faixa aperta nas costas, de acordo com a medida da barriga, e permite tapar o umbigo caso não se sinta confortável em mostrá-lo. “A cueca faz match com duas das nossas partes de cima brancas também, vendidas em separado”, explica a fundadora da marca.

Todos os moldes são feitos por Isabel, não há nada que não passe pelas suas mãos durante o processo de desenvolvimento. Por enquanto, o modelo está disponível apenas em branco, que será a opção para este ano, mas a criativa admite que possam surgir novidades nos próximos lançamentos.

A cueca é ajustável nas costas com um nó.

A nova coleção

Além da proposta para a gravidez, o recém-lançamento da Kilig Collection, a 1 de maio, é “a coleção com mais variedade de sempre” da marca. Isabel apostou em novas texturas recicladas, vários padrões de verão e modelos que vão de acordo a vários gostos e corpos — graças às alças e fechos reguláveis.

A coleção está dividida em três linhas diferentes. A principal conta com muitas cores e padrões, enquanto a linha Essentials passa por biquínis brancos e pretos, com os soutiens e as cuecas vendidos em separado para poder escolher tamanhos diferentes. Por fim, a seleção Deadstock passa por modelos feitos de licra reaproveitada de coleções passadas.

“A grande inspiração deste lançamento foi o romance, que é possível identificar nos padrões e mesmo na campanha, onde passámos várias mensagens sobre o que significa e o que traz o amor, principalmente no mundo onde vivemos”, acrescenta a criadora.

A história da marca

Apesar de ser formada em Marketing e Gestão, Isabel Janson esteve sempre ligada à moda. Quando ainda estudava, chegou a tirar um curso de Modelagem e Costura com a intenção de criar roupas para si própria.

“Em 2015, quando comecei a produzir os meus próprios biquínis, recebi vários pedidos de peças iguais às minhas. Foi quando percebi que era uma oportunidade de negócio”, explica. Conjugou o seu trabalho a tempo inteiro com a gestão da marca até que, a agosto de 2021, decidiu despedir-se e dedicar-se apenas à Naji: “Cresci com a marca e a marca cresceu comigo, por isso, foi evoluindo bastante e alvo de muitas transformações”.

Com uma essência construída em torno do bem-estar da mulher, as prioridades da marca passam pela criação de modelos que assentem bem e que sejam reguláveis para se adaptarem a todos os corpos. A sensibilidade face a esta questão parte também da constante procura em ouvir as clientes, algo que “faz uma grande diferença na construção das peças”.

A nova coleção, incluindo a opção de maternidade, está disponível no site da Naji Swimwear. Além das vendas online, as peças também estão disponíveis em pontos de venda em Lisboa (The Spot Market Store), Cascais (Textura Store Casa da Guia), no Porto (Fozmarket) e em Nova Iorque (The Flying Solo Store).Os preços oscilam entre os 38€ e os 87€. Carregue na galeria para conhecer outros modelos da marca.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT