Lojas e marcas

Beyond: a nova marca portuguesa com joias acessíveis para usar na praia

As peças não perdem a cor e não deixam a pele verde. Todos os acessórios têm formas orgânicas.
As peças são feitas em aço inoxidável.

Francisca Castro não larga o cachecol do Benfica. Maria Ricardo prefere o do Sporting. As duas criadoras de conteúdos já passaram horas a discutir sobre o que as dividia no futebol. Nas pausas entre estes debates, também partilhavam opiniões sobre joias — e aí o consenso já era maior.

Apesar de dedicarem as redes sociais ao desporto, o gosto por seguir tendências sempre esteve presente. Conheceram-se durante a pandemia, num grupo online com membros do TikTok, e estiveram juntas pela primeira vez num encontro desta pequena comunidade. Como são ambas de Lisboa, a ligação manteve-se.

Num desses passeios, começou a germinar a ideia de um novo projeto. Maria, de 21 anos, já tinha experimentado lançar algumas joias, mas acabou por abandonar a ideia. Decidiu voltar a arriscar quando conheceu Francisca, 18, que cresceu a ver a mãe a vender brincos e anéis.

Após ganhar forma no papel, a Beyond foi lançada oficialmente a 19 de maio. A marca foi criada a pensar no verão: as peças são perfeitas para complementar os visuais de praia, seja pelo desenho ou pelo material.

“Ambas adoramos praia e é um sítio onde passamos muito tempo juntas”, explica. Tornou-se evidente que iam optar por brincos, colares e anéis com formas orgânicas, como gotas ou pétalas, e uma paleta de cores marcada pelo azul, pelo prateado e pelo dourado.

“Como as peças são feitas em aço inoxidável, não perdem a cor e não deixam a pele verde no final do dia”, acrescentam as fundadoras. “O objetivo era oferecer modelos versáteis e quem pode ser usados em todo o lado.”

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por beYond (@beyondstore.pt)

A primeira coleção, BasYcs, é composta apenas por peças que as Maria e Francisca consideram essenciais. É um projeto made in Portugal que começa com a idealização de desenhos que as duas estudantes usariam no seu dia a dia.

Sobre o nome, revelam: “Queríamos algo em inglês, que ficasse no ouvido. Quando pensámos em Beyond, achámos que o significado da palavra [além de] combinava com a nossa mensagem e os nossos designs.”

A resposta tem sido tão positiva que conseguiram recuperar o investimento logo no primeiro dia de vendas. O sucesso deve-se à comunicação das peças. “É importante mostrar às pessoas como as usamos as peças, com vídeos dinâmicos de outfits ou de trends virais para chegar a mais pessoas.”

Com mais coleções a caminho, as empreendedoras pretendem alargar o catálogo e chegar novos públicos. Os próximos passos vão ser uma linha de colares personalizados, uma gama de festa — com mais brilhos — e opções masculinas.

As peças da Beyond estão disponíveis online entre os 7 e os 10€. Carregue na galeria para conhecer algumas das opções.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT