Lojas e marcas

É oficial. Novos iPhone têm (mesmo) ligação USB-C. Há modelos a partir de 989 euros

Apple apresentou esta terça-feira as novas versões do smartphone. Gigante norte-americana cedeu à pressão e adotou o sistema considerado universal pela União Europeia.
Está aqui mais uma geração.

O momento mais temido do ano para alguns — e o mais desejado para muitos outros — proprietários de um iPhone chegou. A Apple apresentou os novos modelos do seu smartphone esta terça-feira, 12 de setembro. O lançamento representa o fim de uma era: a gigante norte-americana cedeu à pressão e adotou a ligação USB-C, considerada universal pela União Europeia.

Os cabos de carregamento e transferência de dados passam a ter o formato standard, comum a todos os outros dispositivos comercializados na Europa. Na prática, poderá usar o mesmo cabo para carregar os novos smartphones Apple, bem como o iPad, o Macbook ou os AirPods.

Em junho deste ano, a União Europeia aprovou o carregador único para smartphones e portáteis para evitar que se acumulem, nas gavetas lá de casa, dezenas de carregadores e adaptador. Face a esta decisão, que obrigou a que todos os fabricantes de telemóveis passassem a adotar a mesma porta de entrada para minimizar o impacto ambiental, a Apple não teve outra opção senão render-se à vontade política. Depois de uma luta intensa de vários anos, a empresa americana finalmente desistiu das entradas Lightning.

Os preços, como se adivinha, não são nada simpáticos. O novo iPhone 15, como é conhecida a série até agora, estará disponível a partir dos 989€ (versão de 128GB).

Sabe-se ainda que o novo modelo conta com um ecrã de 6,1 polegadas e está equipado com uma câmara dupla, com um novo sensor principal de 48MP, garantindo imagens mais detalhadas do que as novidades anteriores. Vai estar disponível em cinco cores: preto, rosa, amarelo, azul e verde.

Outra das novidades é a Dynamic Island, apresentada pela primeira vez no ano passado, com os iPhones 14 Pro e Pro Max, que tem inúmeras atualizações. Já pode ver informações sobre voos e acompanhar entregas de comida, por exemplo. Tudo numa tela Super Retina XDR e com um brilho superior à geração anterior.

No entanto, o leque inclui ainda mais três opções, além da standard. O iPhone 15 Plus, o iPhone 15 Pro e o iPhone 15 Pro Max.  A versão Pro vai estar disponível a partir dos 1249€ na versão de 128GB, enquanto o Pro Max pode ser comprado a partir dos 1499€ na versão de 256GB.

Os iPhone 15 Pro e o iPhone 15 Pro Max estarão disponíveis com ecrãs de 6,1 e de 6,7 polegadas, respetivamente. Nestes casos, destaca-se o revestimento em titânio, o material mais premium utilizado da marca até agora, que torna o dispositivo mais resistente e leve em simultâneo.

Durante a apresentação, a gigante da tecnologia anunciou ainda o Botão de Ação, uma novidade que substitui o interruptor de modo silencioso por cima dos botões de volume. No fundo, é um novo atalho para várias funcionalidades destas versões do modelo original, como o acesso à câmara, por exemplo.

A Apple anunciou também as próximas atualizações dos sistemas operativos da marca, entre os quais o iOS17, o IPadOS17, o watchOS 10 para estes dispositivos. O evento foi ainda palco de apresentação da nova linha dos Apple Watch e também de uma nova versão dos AirPods Pro.

A pré-venda arranca online já esta sexta-feira, 15 de setembro, com a chegada dos modelos às lojas portuguesas prevista para dia 22.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT