Lojas e marcas

Cirelle Market: vem aí um mercado ao ar livre só com marcas portuguesas

A próxima edição acontece a 8 de agosto, sábado, na Casa da Arquitectura de Matosinhos.

Mafalda Carvalho e Filipe Macedo criaram o Cirelle Market em 2018, aliando a paixão pela moda com a organização de eventos. Os eventos, bastante concorridos, tinham todos a presença de marcas portuguesas e várias atividades lúdicas, espaços infantis, workshops de moda e maquilhagem, desporto ou música ao vivo.

Nos últimos meses, devido à Covid-19, o casal — ela bloguer, ele produtor de conteúdos — reinventou o projeto e tornou-o online, com o lançamento oficial do Cirelle Marketplace, criado para dar uma ajuda extra às empresas nacionais que estão a sofrer com a reviravolta do comércio.

Entretanto, Mafalda e Filipe quiseram trazer de volta o mercado Cirelle e escolheram o mês de agosto para fazer um regresso oficial do Cirelle Market ao ar livre, com entrada gratuita, juntando novamente dezenas de marcas portuguesas.

Assim, no dia 8 de agosto, sábado, o mercado volta a acontecer num espaço físico: na Casa da Arquitectura de Matosinhos. Neste mercado vai poder comprar propostas de dezenas de marcas de moda para mulher e miúdos, em categorias como roupa, acessórios, calçado, swimwear, joalharia e decoração.

MÏA-MÔ, Sinopsis, Wish Jewelry Shop, La Bougie Flowers, Balquíria, Arte Nova Jewellery, Clair Couture, Fraga Leiria e Carla Ferreira Boutique são algumas das marcas que vão estar presentes. Porém, as candidaturas ainda não estão fechadas.

Durante o evento é obrigatório utilizar máscara de proteção, desinfetar as mãos à entrada e antes de tocar em qualquer artigo e cumprir o distanciamento social do recinto, que vai estar aberto entre as 10 e as 19 horas. Mafalda Carvalho, Bárbara Marques e Sara Rodrigues são algumas das influenciadoras portuguesas que poderá encontrar no evento a vender peças do seu closet.

A plataforma Cirelle

Nos últimos dois meses, a bloguer de 23 anos e o namorado organizaram o projeto Cirelle Marketplace a partir de casa e lançaram-no oficialmente a 5 de junho. Neste momento, a Cirelle tem 15 marcas portuguesas — mas há mais parcerias a ser fechadas.

“Desde o início da Cirelle que acreditamos na qualidade da produção portuguesa e damos voz a projetos nacionais. Agora, nesta fase de pandemia não poderia ser diferente. Aproveitamos uma altura de grande dificuldade para reinventar o projeto e apoiar as marcas portuguesas”, explica Mafalda à NiT.

No marketplace encontra várias opções de vestuário, joalharia ou praia de marcas como Endhora, O Calafate, Joana Ribeiro Joalharia e Allis Jewellery. Neste site, as encomendas superiores a 40€ não pagam portes — e pode pagar com MBWay.

“Um mês após o lançamento não podíamos estar mais contentes com o apoio que temos recebido. As pessoas estão a aderir ao projeto e sentimos que estamos a criar uma comunidade forte e coesa. Pretendemos conciliar, sempre que possível, a divulgação online com a presença física das marcas, criando vários canais de comunicação e vendas”.

A seguir, carregue na galeria para conhecer algumas propostas de marcas que se vão reunir no Cirelle Market, a 8 de agosto.

Este artigo foi escrito em parceria com o Cirelle Marketplace.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT