lojas e marcas

Marca histórica portuguesa Dielmar pede a insolvência

Depois de 56 anos de atividade, a administração informou os colaboradores da decisão. O motivo terá a ver com a pandemia.
A marca tinha mais de 50 anos.

Com sede no distrito de Castelo Branco, a empresa portuguesa de vestuário Dielmar pediu insolvência. Contava com 56 anos de funcionamento e dava emprego a cerca de 300 pessoas. As razões, segundo a administração, prendem-se com as consequências que a pandemia da Covid-19 provocou no setor.

“Esta crise atacou, globalmente, o que de melhor sustentava a sua atividade: o convívio social, os eventos e casamentos, com a elegância, o glamour da alfaiataria por medida e a personalização em que nos especializamos, e o trabalho profissional no escritório, que eram a base fundamental do negócio da Dielmar”, explica a marca, citada pelo “Notícias ao Minuto

A empresa refere que o último ano e meio foi bastante complicado e que tudo foi feito para manter os postos de trabalho. “Não podemos deixar de dar uma palavra de gratidão aos nossos trabalhadores, que estiveram sempre ao lado da empresa e do nosso lado, a lutar diariamente connosco pela sobrevivência da empresa, com um imenso empenho e dedicação”, continuam.

Acreditam que esta é a melhor solução para que possa ser encontrado algum tipo futuro na empresa. “A insolvência abrirá novas oportunidades que terão certamente a mobilização e apoio do próprio Estado e da autarquia e, poderão proporcionar o ressurgimento da empresa e a manutenção dos seus atuais postos de trabalho.”

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT