Lojas e marcas

Entourage 41: a nova loja do Príncipe Real com peças e joias exclusivas

O espaço focado na moda de autor abriu em maio. Desde então, destaca-se pela oferta única, limitada e acessível.
A loja continua a história de um edifício antigo.

Situada numa antiga padaria de bairro, que remete para os anos 70, a loja Entourage 41 é uma ponte entre o comércio luxuoso da Avenida da Liberdade e o espírito cool do Príncipe Real. É no número 41D, da Rua da Alegria, em Lisboa, que os lisboetas podem vislumbrar um espaço focado na moda de autor desenvolvida por marcas independentes. Abriu no mês de maio e já conta com vários clientes fiéis.

João Oliveira, de 38 anos, é o proprietário do espaço, que usou a casa de um negócio antigo para criar a sua loja própria. “Eu passava aqui constantemente de carro e sempre achei a loja bonita, porque é toda em mármore. Houve um dia em que eu vi que estava para alugar e pensei que podia ser um bom espaço”, revela à NiT. O espaço tem cerca de 15 metros quadrados.

O dono concretizou um desejo que surgia em conversas com o namorado ou com amigos, com base nos 15 anos de experiência. Quando tinha apenas 19 anos, começou a trabalhar numa loja de luxo na Avenida da Liberdade, depois passou para o Príncipe Real.

Devido aos anos em que trabalhou no segmento high end, já tinha uma ideia definida para o conceito: queria trabalhar as tendências, mas de forma limitada. Como Lisboa é uma cidade muito pequena, fazia sentido querer que o negócio fosse procurado pelo serviço exclusivo. Desse mercado, trouxe consigo o know-how na escolha das peças, dos temas organizados e da importância das cores.

Por enquanto, a Entourage 41 não se insere num mercado de luxo. “É muito cedo e as minhas marcas não são insígnias de luxo. Algumas delas nem sequer são conhecidas”, avança. “O meu tipo de cliente, quando procura o luxo, vai às grandes marcas, procurar acessórios como as carteiras e os sapatos. Tudo o restante eles preferem ter coisas diferentes e não massificadas”. Ao contrário de pontos de venda como a Gucci, por exemplo, a loja foca-se em clientes que preferem gastar menos em roupa, mas com propostas atualizadas e exclusivas.

Para o processo de seleção das marcas, João apoiou-se muito na sua vasta experiência. Já conhecia várias marcas e criadores, alguns dos seus amigos que aceitaram fazer parte desta mostra. Muitas outras etiquetas, visto que a marca “nasceu em três semanas”, descobriu online, tanto através do street style como no Instagram. A plataforma foi o ponto de encontro com várias marcas internacionais disponíveis. Mas também existe uma forte aposta em marcas nacionais, tanto na joalharia como no vestuário.

Em conversa com a NiT, João destaca a marca II (Dois), criada por uma amiga e focada em camisas bordadas ou com base no reaproveitamento de peças. No meio do leque, também está a divertida Brigitte Tanaka, uma etiqueta francesa que faz sacos em organza, bordados com um forte sentido de humor que remete para temas do quotidiano.

A decoração foi difícil, sobretudo por causa do mármore. O senhorio apresentou inúmeras regras, já que a rocha é o que torna o espaço ainda mais especial. Ainda assim, João deu o seu cunho pessoal à loja através de uma peça chave: um candeeiro do célebre designer de iluminação Ingo Maurer, “conhecido como poeta da iluminação”. Escolheu uma peça com poemas escritos por Pablo Neruda, colocados em fios de arame. “E também vem com umas folhas brancas para nós escrevermos, clientes e amigos, para colocar no candeeiro”.

As mensagens fazem do espaço mais especial.

Mais tarde, João comprou uns charriots especiais, com aço escovado de forma a ser mais neutro. Também a vitrine, devido às reduzidas dimensões da loja, é mais simples de forma a encaixar com a parede de mármore. Nos provadores, espelhou toda a zona para jogar com a dimensão e ser menos claustrofóbico.

O mais curioso é que o responsável aproveitou um lavatório que não funciona, da antiga proprietária, e que acabou por assumir assim mesmo. “Achei super divertido, é muito fora da caixa uma loja de roupa com um lavatório no meio”.

A preocupação com a estética do espaço reflete a importância que a Entourage 41 dá ao formato de venda tradicional. “Hoje em dia, todos compramos online, mas na minha opinião não tem alma. Dada a experiência que eu tenho, acho que a compra física é mais especial. Sentimo-nos melhor”.

Os preços das peças oscilam entre os 33€ e os 300€. Carregue na galeria para conhecer melhor o espaço e algumas das peças do catálogo.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua da Alegria, 41D
    1250-006 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Segunda a sexta-feira das 10h30 às 19h
  • Sábado das 10h30 às 18h

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT