Lojas e marcas

Estas são as joias portuguesas que vai querer ter no sapatinho este Natal

A linha Majestosa, da Arcane Jewellery, foi feita a pensar em noivas, mas também em quem gosta de usar joalharia no dia a dia.
Há brincos, anéis e colares.

Quando resolveu despedir-se de um trabalho seguro para lançar a sua própria marca, Inês Morais, de 28 anos, tinha várias ideias de negócio. Em primeiro lugar na lista estava a joalharia — e foi esse mesmo o sonho, nas suas palavras, que conseguiu tornar real em agosto do ano passado, quando criou a Arcane Jewellery.

Lançada a marca em plena pandemia, o primeiro grande percalço aconteceu poucos meses depois, no Natal do ano passado. No final de dezembro, o atelier foi assaltado e Inês ficou sem nada — material, stock, matéria-prima e os protótipos da coleção seguinte. 

Foi assim que a joalheira se viu forçada a repensar toda a linha e a ganhar forças e confiança para recomeçar tudo no início deste ano. Janeiro de 2021 foi um mês dedicado ao trabalho interior e à criação de peças especiais para regressar em fevereiro. Em novembro, avançou com uma formação prática de wedding planner para poder conciliar a organização de casamentos com a venda de joalharia.

Agora, no final do mês, lançou uma nova coleção inspirada nas noivas. “Majestosa é uma palavra que, para mim, deve definir uma noiva, bem como uma peça Arcane para qualquer pessoa utilizar em qualquer dia da semana e sentir-se tudo o que a palavra traduz: grandiosa sublime, respeitada, imponente”, conta à NiT.

A linha Majestosa é a grande novidade do projeto para este Natal e vai contar com os seus primeiros brincos com pérolas, mantendo um design focado nas imperfeições e um conceito de que cada peça tem as suas próprias características — as pérolas escolhidas também são cada uma do seu feitio. Na loja online, já vai encontrar algumas novidades, com preços que variam entre os 15€ e os 140€.

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por ARCANE Jewellery (@arcane.jewellery)

Como começou a Arcane Jewellery?

Inês Morais licenciou-se em Marketing e Publicidade no IADE, seguindo depois um mestrado na Universidade Católica Portuguesa. Depois de alguns anos a trabalhar nessa área, seguiu finalmente o “sonho” da joalharia.

Em 2018, quando sentiu que estava na altura de arriscar, inscreveu-se num curso de Alta Joalharia e percebeu logo que era ali que queria estar. “O curso era numa oficina, 80 por cento prático e 20 por cento teórico, o que fez com que percebesse ao fim de pouco tempo que gosto mesmo de ‘por a mão na massa'”, revela.

Começou por criar peças para a família, amigos e amigos dos amigos e o feedback “excelente” motivou-a a começar a pensar no seu próprio espaço — “senti que era possível transportar aquela oficina para um pequeno atelier em casa”, explica. Durante o confinamento imposto pela pandemia, teve a oportunidade ideal para dedicar o seu tempo a lançar um projeto.

Todas as peças da Arcane Jewellery são desenhadas por Inês e criadas com base em inspirações antigas, de família, de objetos encontrados em momentos especiais, inspirações da arquitetura greco-romana e de formas que, afirma, apesar de “parecerem toscas”, transmitem delicadeza.

É num pequeno atelier as produz, usando como matéria-prima prata 925, mas também há algumas peças que podem ser banhadas a ouro por um preço adicional. 

Carregue na galeria para conhecer algumas peças de joalharia da linha Majestosa.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT