Lojas e marcas

Os quatro amigos que ajudaram os artesãos da Indonésia a sobreviver durante a pandemia

Sara, Paulo, Tiago e Liza viajaram até Lombok como turistas em março de 2020. Em vez de voltarem para Portugal, resolveram ficar por lá.

Em março de 2020, Tiago Gomes viajou com a namorada suíça, Liza Zuberi, e mais dois amigos, Paulo Carvalho e Sara Pontes, até à Indonésia. Foram para Lombok e era por lá que se preparavam para passar duas semanas de férias num clima tropical, rodeados de beleza natural. “Viajar para este país foi um sonho realizado para nós”, conta o primeiro à NiT.

Aquilo com que ninguém estava a contar era a chegada da pandemia. Enquanto as embaixadas e famílias preocupadas pressionavam os viajantes para voltar para a segurança das suas casas, os quatro amigos resolveram fazer algo completamente diferente: ficar na ilha remota. 

“Na altura, os países estavam fechados para entradas estrangeiras, por isso eu não podia ir para a Suíça. onde é a casa da Liza, e a Liza não podia vir para Portugal. Voltar para a Europa significaria que nos teríamos de separar por tempo indefinido e o amor falou mais alto”, recorda Tiago. 

Já Paulo e Sara, que tinham o visto para visitar a Nova Zelândia, resolveram ficar com eles para estarem por perto caso as viagens voltassem a ser permitidas. 

Sasak Market

Em abril, resolveram começar a comprar produtos aos artesãos que encontravam nas ruas de Lombok e a tentar enviá-los para os amigos e família. “Com esta pequena ajuda, conseguimos apoiar vários artesãos nestes tempos difíceis.” Rapidamente, concluíram que podiam fazer muito mais do que isso.

“Pegámos nos nossos computadores, no nosso conhecimento e na nossa vontade de ajudar e criámos a Sasak Market.” Este projeto dos quatro turistas convertidos em empresários baseia-se em fazer a revenda dos artigos de produtores locais, levando-os a clientes por todo o mundo. Funciona como uma ponte para que os mesmos possam sobreviver em tempos de crise.

Começaram com sete locais e, neste momento, já incluíram mais de 100 na sua equipa. “Conseguimos vender estes produtos em mais de 40 países e todos os dias a marca está a crescer, juntamente com a segurança para estes artesãos.”

“Eles não têm recursos tecnológicos nem conhecimento para vender online. Vivem em zonas com acesso muito limitado a tecnologia, em áreas bastante pobres e a sua base de sustento é vender produtos artesanais a turistas que visitam a ilha”, explica o jovem. “Neste momento, visto que a Indonésia está fechada, a situação de muitas comunidades e famílias de artesãos é crítica.”

Quem visitar a loja online ou a conta de Instagram, vai encontrar produtos de “lifestyle tropical” e sustentável. São todos eticamente feitos à mão, utilizando recursos naturais da Indonésia. Entre eles, há tigelas de coco, toalhas de praia, decoração de casa e acessórios de moda.

sasak market
O grupo lançou o negócio em abril do ano passado.

Uma ilha deserta

No espaço de uma semana, Lombok viu 95 por cento dos seus turistas deixarem a ilha. Os restaurantes fecharam portas, as lojas esvaziaram montras, as ruas ficaram vazias e a vida dos locais, conta Tiago, ficou mais difícil a cada dia que passava. Mas isso também lhes permitiu conhecerem a ilha como poucos têm o privilégio de o fazer.

“Com a nossa estadia prolongada tivemos acesso a algo absolutamente incrível. Mágico até. Uma ilha paradisíaca repleta de beleza e sem turistas. A oportunidade de uma vida”, relata. “No entanto, também começámos a ver algo que nos incomodou bastante. A falta de turismo estava a afetar muitas famílias e comunidades de artesãos da ilha”.

Os quatro amigos

Os jovens empreendedores têm todos entre 26 e 29 anos. Liza estudou Moda na Suíça e era gestora de clientes na marca G-Star. Tiago estudou Engenharia, Sara licenciou-se em Design Gráfico e Paulo em Gestão Hoteleira. Os três portugueses são todos no Porto e foram durante cerca de três anos responsáveis logísticos de escritórios internacionais na empresa portuguesa de autocaravanas IndieCampers.

Passado um ano e dois meses, Tiago voltou com Liza para Portugal, em maio de 2021. Paulo e Sara ainda estão na Indonésia, mas contam regressar no final de outubro, altura em que o primeiro casal regressa à ilha.

sasak market
Estiveram mais de um ano a viver na Indonésia.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT