Lojas e marcas

Empresa das Havaianas transformou as fábricas para produzir equipamento médico

A Alpargatas quer ajudar as comunidades empobrecidas do Brasil durante a pandemia do novo coronavírus.
Um calçado intemporal.

A Alpargatas, empresa-mãe das famosas Havaianas, criou uma rede a que chamou Parceria da Boa Vontade, com o objetivo de unir parceiros e voluntários que queiram contribuir para a luta contra a Covid-19. Uma das primeiras ações será a doação de 250 mil máscaras e 250 mil pares de sapatos para ajudar comunidades vulneráveis do Brasil.

“Estamos a trabalhar em diversas frentes e gostaríamos de convidar outras empresas para se juntarem a nós nesta iniciativa”, explicou em comunicado Roberto Funari, presidente da empresa, esta terça-feira, 7 de abril.

Para fazer as doações, a Alpargatas adaptou temporariamente as suas fábricas de forma a possibilitar a produção de equipamentos de proteção para os profissionais de saúde, começando pelas máscaras, que serão entregues aos serviços públicos de saúde nos estados de Paraíba, Pernambuco, Minas Gerais e Rio de Janeiro, onde estão instaladas as unidades de fabrico.

Além disso, vão ser também produzidos 18 mil pares de sapatos adequados a ambientes de saúde e profissionais dos hospitais de São Paulo na fábrica onde são também feitos os chinelos das Havaianas.

A Alpargatas vai ainda doar 100 mil kits de produtos essenciais, incluindo as próprias Havaianas, produtos de higiene e alimentos às comunidades vulneráveis de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Belo Horizonte.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT