Lojas e marcas

Be We: já abriu a concept store sustentável mais espetacular de Cascais

Tem 600 metros quadrados e só vende marcas incríveis e ecológicas, muitas delas vindas do Brasil.
Tem dois pisos.

No número 16 da Avenida Valbom, em Cascais, abriu este verão uma nova concept store de 600 metros quadrados divididos em dois pisos e preenchidos com peças de designers portugueses e estrangeiros. Foca-se na sustentabilidade e em vender produtos desenvolvidos com materiais naturais e eco-friendly, e marcas que tenham no seu core a responsabilidade social e a criatividade.

Chama-se Be We e tem coisas tão bonitas que se vai querer perder lá dentro, entre biquínis da Blueman Brasil, carteiras feitas à mão da Catarina Mira, kimonos da Umê Kimonria, cosméticos da Granado, bijuteria feita com sementes e fibras naturais da Maria Oiticica, cachaça da About Brazil, óculos de sol da LIVO, meias da Happy Socks, Sandálias da Melissa, entre muitas outras marcas para homem, mulher e casa cheias de cor e personalidade.

Nas paredes, há telas pintadas do arquiteto Chicô Gouveia. Se tiver fome, até pode pedir por lá um smoothie ou copo de açaí da Oak Berry, cheio de fruta e toppings deliciosos — o primeiro andar vai receber, em breve, uma zona dedicada à casa e um pequeno café.

be we
O espaço é lindíssimo.

Todas as marcas da Be We foram escolhidas a pensar na durabilidade, na priorização da natureza e na escolha de materiais orgânicos para o desenvolvimento dos produtos, numa ótica de transparência e fair trade.

“O essencial é ser humano. Nascemos com a certeza de que é preciso dar um novo significado ao papel do indivíduo na sociedade. Para nós, é impossível pensar o futuro sem uma consciência coletiva profundamente enraizada“, explicam os responsáveis. “Por aqui queremos oferecer um espaço que inspire e apoie essa mudança. Marcas, produtos, conceitos que sejam relevantes e que tenham sempre uma relação positiva com o ambiente a sociedade e a economia”.

O projeto é de Veruska, de 42 anos, natural do Brasil. Formada em Psicologia, certificada em Coaching pelo Integral Coaching Institute, com um MBA em Gestão pela Fundação Gertúlio Vargas, realizou vários projetos para os Ministérios do Turismo e Planejamento no seu país de origem, além de ter trabalhado com várias outras instituições.

Em 2016, conta, começou a ter vontade de morar em Portugal. “Sou de São Paulo mas, apesar de adorar a cidade, a insegurança e a sensação de estar constantemente em alerta ou de ter pouca liberdade pesava muito”. Mudar-se para Cascais foi “como encher o peito de ar fresco e respirar de alívio” para Veruska, que confessa ter um encantamento por Portugal “inexplicável”, que partilha com a sua família.

Sobre a abertura da Be We, conta que a pandemia acabou por ser uma inspiração. “No período de quarentena por causa da Covid-19, fiquei muitas vezes com o coração apertado. Trabalho com multimarcas há algum tempo, mas durante a pandemia ficou muito forte a necessidade de ser relevante para um coletivo, beneficiar o que está perto, dar palco a quem precisa de aparecer”. Assim, juntou uma equipa e montou um conceito que pretende traduzir essa inquietação, aquela que é partilhada pelas pessoas “naturalmente apaixonadas pelo bem comum”.

Por lá, vai encontrar peças de moda, acessórios para a casa, perfumes, produtos de lifestyle, bebidas, bijuteria, carteiras e calçado, de marcas como a Zouri, Bikini Society, Pica-Pau Woodcarft, Perfumaria Phebo, Flávia Aranha, Andreza Chagas, Yogini, La Paz, Fluyt, WeTheKnot, 24 Bottles e The Kiln Company.

Pode conhecer melhor as marcas e a oferta da Be We nas contas de Facebook e Instagram da marca, mas também pelo site oficial.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT