Lojas e marcas

Johnny Depp continua a aparecer nas campanhas publicitárias da Dior — e os fãs agradecem

Amber Heard terá ficado incrédula quando soube que a marca queria trabalhar com Depp. O contrato avançou e mantém-se.
A Dior continuou a trabalhar com o ator.

Johnny Depp está a processar a ex-mulher Amber Heard por difamação, num julgamento que tem sido super mediático em todo o mundo. Os papéis que Depp alegadamente perdeu ao longo dos anos devido ao diferendo com a ex-mulher têm dado muito que falar. Muitos fãs não param de criticar a Disney e a Warner Bros por terem dispensado o ator devido às alegações de Heard. 

Segundo Johnny Depp, ficou sem os papéis de Jack Sparrow, no filme Piratas das Caraíbas 6″, e de Gellert Grindelwald, em “Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore“. As testemunhas, as gravações de voz e outras evidências que foram apresentadas no julgamento levam muitos, por todo o mundo, a manifestarem o seu apoio ao ator.

Às críticas às companhias cinematográficas nas redes sociais, juntam-se agradecimentos à Dior, com a hashtag #ThankYouDior”, por ter continuado a trabalhar com Depp, que entre outros trabalhos para a marca de luxo, é o rosto do perfume Sauvage.

“Enviei um email à Dior a agradecer por continuarem ao lado de Johnny Deep. Sempre estive do lado dele e critiquei o Harry Potter, DC, Warner Brothers e Disney”, ou “é triste ter que começar a criticar coisas que amas porque as pessoas querem julgar antes de conhecer os factos. Pelo menos posso estar eternamente grata à Dior”, são alguns dos comentários que surgiram nas redes sociais sobre o caso.

Christi Dembrowski, irmã de Johnny Depp, foi uma das primeiras testemunhas do julgamento e mencionou um incidente que aconteceu quando Depp estava a negociar com a Dior uma campanha publicitária. A irmã do ator alega que Heard repreendeu Depp e parecia estar incrédula com o facto da empresa querer trabalhar com ele. 

“Dior? Porque é que a Dior iria querer fazer trabalhar contigo? Eles têm classe e estilo, e tu não tens nenhum dos dois”, terá dito Heard a Depp. 

Depp está a processar a ex-mulher, Amber Heard, por difamação, num julgamento que se está a tornar hiper mediático. O ator pede uma indemnização de 50 milhões de dólares (o equivalente a 46 milhões de euros) pelo artigo de opinião que Heard assinou no jornal “The Washington Post” em 2018.

Nesse texto, a atriz e modelo relata as suas alegadas experiências enquanto vítima de violência doméstica. Apesar de nunca mencionar o nome de Depp, os advogados do ator dizem ser claro de que as acusações se referem ao ex-marido, e que isso tem afetado a sua reputação e a sua carreira. Antes do artigo, Heard já tinha acusado publicamente Johnny Depp de a agredir e estrangular em episódios violentos e voláteis.

Leia o artigo da NiT que conta a história de Amber Heard.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT