Lojas e marcas

LENNA: a marca portuguesa de sapatos vegan que está a agitar o Instagram

Foi lançada por três amigos no início deste mês e já conquistou famosos como João Manzarra, Maria Botelho Moniz ou Mia Rose.
Nuno, João e Mário, os fundadores da marca.

À primeira vista, têm aquela estética descontraída das alpercatas. Mas não se deixe enganar: os LENNA são sapatos a sério, com solas duráveis, resistentes, e uma estética clean que tanto pode ser usada na praia como para ir jantar com os amigos. 

Esta nova marca portuguesa vegan e sustentável foi lançada há menos de um mês e acumulou rapidamente mais de 1,200 seguidores na sua conta de Instagram, onde partilha imagens de alguns dos famosos e influencers que já se renderam ao calçado — João Manzarra, Maria Botelho Moniz, Mia Rose, Inês Andrade, Nat Padrão e Catarina Cabrera foram apenas alguns deles.

O objetivo, explicam os responsáveis, era criarem um projeto que juntasse uma estética de calçado única a um propósito maior: minimizar a pegada ecológica da indústria da moda. Nuno Cordeiro, Mário Garcia Ribeiro e João Glória têm todos entre 32 e 33 anos, são amigos de infância e sempre quiseram lançar um negócio em conjunto.

Depois de terminarem os seus cursos e mestrados, tirados entre Portugal e Espanha, entraram no mercado de trabalho em empregos intensos e exigentes — Nuno em banca de investimento, Mário em private equity e João como piloto comercial —, e o sonho de criar um projeto próprio ficou guardado na gaveta.

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por LENNA (@lenna.officialstore)

Foi durante o verão do ano passado que Nuno, passados tantos anos, se lembrou da ideia que não quis deixar escapar: criar um conceito de calçado que juntasse a estética das alpercatas à funcionalidade de umas sapatilhas.

Já o segundo confinamento imposto pela pandemia apresentou a oportunidade ideal. Com mais tempo livre, os três amigos juntaram-se finalmente para criar o seu projeto, que se materializou ao fim de quase um ano de planeamento e produção. Os LENNA foram pensados para dia e noite, festa ou praia, para usar numa viagem de negócios ou numas férias de verão.

Todos os modelos são confecionados à mão no norte de Portugal, seguindo uma produção sustentável e vegan. “São feitos com algodão orgânico e juta”, começa por explicar à NiT João Glória, que é piloto na TAP a tempo inteiro. “As etiquetas são feitas de desperdícios de tecido e os restos de sola são triturados e reutilizados.”

No entanto, o cofundador revela ainda que produzir de forma ecológica e cruelty-free no nosso País tem os seus desafios: “Há poucos recursos para se conseguir criar uma indústria sustentável e poucos recursos para conseguirmos oferecer produtos vegan.”

Já o nome, LENNA, tem uma história por trás que está na base de toda a filosofia da marca. Além de ser fácil de dizer em qualquer língua — e os fundadores fazem tenções de chegar lá fora — Nuno Cordeiro, responsável pela ideia do design, explica que resume a sua mensagem, “Led by Nature”, ou “guiada pela natureza”, em tradução livre.

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por LENNA (@lenna.officialstore)

Para se dedicar à marca a tempo inteiro, Nuno despediu-se da empresa onde trabalhava na banca de investimento. Ao mesmo tempo, criou também um projeto a solo de consultoria de M&A, a Nico Capital Advisors, onde faz assessoria financeira de compra e venda de empresas.

Mário continua a trabalhar num fundo em Zurique, na Suíça, mas acompanha a produção por lá e vem a Portugal sempre que pode. O sócio garante à NiT que “os LENNA querem ir mais além”. Prova disso é que, por cada par de sapatos vendido, vão contribuir para ajudar o planeta.

Os amigos fizeram parcerias com cinco associações solidárias e, por cada venda, vão doar uma percentagem para apoiar as suas causas. São elas a Oceanos Sem Plástico, a Zero Waste Lab, a ANEFA, a SOS Animal e a Quercus. 

A melhor parte é que os clientes podem escolher a causa que querem ajudar, seja para limpar 13 quilos de plásticos das praias portuguesas; recolher duas mil beatas das ruas do nosso País; plantar uma árvore; alimentar um gato abandonado durante ou dia; ou criar uma maternidade para peixes em vias de extinção.

Há dois modelos de Lennas, com sola alta ou baixa, e tamanhos que vão do 36 ao 46. São todos unissexo e têm 12 cores disponíveis, que estão à venda na loja online por 75€. Também é por lá que vai encontrar mais informações sobre o projeto. Quem os quiser conhecer ao vivo, vai encontrá-los no mercado The Spot Market entre os dias 14 e 15 de agosto (sábado e domingo), na Comporta.

A seguir, carregue na galeria para conhecer melhor a LENNA e os seus fundadores.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT