Lojas e marcas

Lisboa volta a receber uma mega feira de artes e antiguidades

O evento regressa à Cordoaria Nacional, com a participação de dezenas de antiquários e galeristas portugueses
Marque já na agenda.

Fãs de arte contemporânea ou viciados em antiguidades e coisas vintage, já podem marcar na agenda: de 12 a 21 de abril, a Feira de Arte e Antiguidades está de volta à Cordoaria Nacional, em Lisboa. A 21.ª edição do evento, organizado pela Associação Portuguesa dos Antiquários, acolhe dezenas de expositores dos mais diferentes tipos de arte.

No interior do espaço vai poder encontrar 33 expositores nacionais e internacionais com um leque variado de peças, desde a joalharia, porcelana e mobiliária à pintura antiga contemporânea, azulejaria, design e até arte tribal e asiática. A grande novidade desta edição é que, pela primeira vez, vai contar com dois museus: o Museu Nacional de Azulejo e a Fundação Calouste Gulbenkian.

“Esta colaboração é crucial para o interesse e êxito deste evento, proporcionando uma oportunidade única para os visitantes apreciarem peças de grande valor histórico e artístico”, sublinha a Associação Portuguesa dos Antiquários.

António Costa Antiguidade, Galeria São Mamede, Galeria da Arcada Antiguidade, Ilídio Cruz,  Luís Alegria e Trema Arte Contemporânea são algumas das galerias de arte e antiquários que vão marcar presença.

Tal como tem acontecido nas últimas quatro edições, durante os quatro dias da feira (15, 16, 17 e 19 de abril) serão abordados, em diferentes painéis de discussão, temas de importância para os expositores, público em geral e para a cidade de Lisboa. A primeira sessão das “Conversas sobre Arte” acontece no dia 15 de abril, com o tema “A importância dos museus na cidade de Lisboa”.

O evento pode ser visitado todos os dias a partir das 15 horas. O bilhete individual custa 15€, enquanto que o duplo fica a 25€. A programação completa está disponível online.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT