Lojas e marcas

Mango já estreou o novo (e maravilhoso) conceito mediterrâneo de loja

Tem cores quentes, zonas de lazer, áreas de exposição de arte, provadores maiores e coleções exclusivas.

No final de fevereiro, a Mango anunciou ao mundo que se preparava para estrear uma imagem que pretendia refletir o “espírito e frescura” da marca. Os responsáveis prometiam uma forte influência na cultura e estilo mediterrâneos, com tonalidades quentes e bases de cores neutras. Uma coisa já era certa: os clientes deviam preparar-se para serem surpreendidos com algo completamente diferente do que estava a ser feito até agora.

Foi esta quarta-feira, 26 de maio, que a ideia se materializou pela primeira vez num espaço em Barcelona, Espanha. A loja do Paseo de Gracia reabriu com uma imagem renovada, a primeira no país que já está a funcionar com uma melhor experiência para o cliente que se inspira em alguns dos elementos mais característicos da cultura mediterrânea: o calor, a naturalidade, o espírito alegre, a generosidade, a vontade de partilhar momentos únicos.

A marca selecionou ainda duas áreas da loja do Paseo de Gracia para mostrar as obras de diferentes artistas durante seis meses, de forma a partilhar a paixão pela arte com quem passa por lá. Será também colocada uma instalação feita a partir de textos e imagens, que vai explicar a história da Mango fazendo um resumo da sua evolução desde a fundação até hoje, e mostrar como o Mediterrâneo esteve sempre presente.

Na decoração de interiores, predominam tonalidades quentes e as bases de cores neutras, que se misturam com materiais tradicionais, sustentáveis e naturais. A sustentabilidade, a eficácia energética e a integração arquitetónica no ambiente são elementos-chave na criação deste conceito, que conta com sistemas de iluminação e climatização ecoeficientes e um design que incorpora materiais sustentáveis, como as tintas orgânicas.

Já o conforto na experiência de compra foi outra das características mais essenciais na conceção do espaço. Foram projetadas zonas de lazer confortáveis, o tamanho dos provadores foi aumentado e incluíram uma caixa em cada uma das zonas de provadores, para que seja possível fazer o pagamento no local.

Há ainda uma zona de Click & Collect para recolha e devolução dos pedidos online e um espaço no piso superior para expor coleções exclusivas online que podem ser compradas através de iPads.

Além disso, a nova loja da Mango tem um contentor Committed, onde os clientes poderão depositar peças de roupa usadas para que tenham uma segunda vida. Este projeto, criado pela Cáritas, tem também o apoio da Moda re-.

Em 2020, através de 610 pontos de reciclagem em lojas em 11 países (incluindo Portugal), a marca espanhola recolheu 42 toneladas de roupa, o que corresponde a um aumento de 23,5 por cento face a 2019. Os responsáveis prevêem ainda a ampliação deste serviço a países como a Áustria, Itália, Polónia, Turquia, Suíça e Rússia, que juntarão mais de 200 novos pontos de reciclagem.

A loja fica no número 36 do Paseo de Gracia e abriu as portas pela primeira vez em fevereiro de 2013. É uma das mais emblemáticas e importantes para a marca, que tem 16 pontos de venda em Barcelona — onde fica também a sua sede. Tem uma área de venda de mais de 1,500 metros quadrados distribuídos por dois pisos e dispõe das linhas para mulher e homem.

A empresa investiu 1,8 milhões de euros na renovação daquela que é uma das flagships de maior destaque para a Mango. Esta abertura é o início de um plano ambicioso de transformação de grande parte das lojas — que, em 2020, ganharam mais 43 pontos de venda, ultrapassando 2,200 estabelecimentos nos mais de 110 países em que a marca está presente.

A seguir, carregue na galeria para ver algumas imagens desta nova loja em Barcelona, Espanha.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT