Lojas e marcas

Marlie: a nova marca de lingerie com tamanhos à medida de cada mulher

Mais românticos ou mais sexy, os modelos adaptam-se às curvas. Destacam-se as cores e os padrões "fora do comum".
Há modelos para todos os gostos.

Aos 11 anos, Mariana Rebelo pegou na máquina de costura e aprendeu sozinha a fazer arranjos nas suas roupas. Mais tarde, passou a ajustar peças para amigas e a renovar vestidos que denunciavam sinais do tempo.

Com o tempo, o passatempo tornou-se uma necessidade. “Como não tenho um tamanho padrão, então, raramente encontrava soutiens do meu tamanho no mercado”, conta Mariana à NiT, atualmente com 22 anos.

Ao perceber que o dilema era comum a muitas mulheres, decidiu criar uma solução. No dia 13 de maio, após um ano com a ideia no papel, decidiu lançar uma marca de lingerie para todos os corpos. Chama-se Marlie — uma junção de Mariana e lingerie — e todas as peças são feitas à mão.

Não queria fazer peças com aquelas rendas básicas, então tento procurar tecidos mais elaborados e fora do comum. A escolha começa sempre pelas cores e pelos padrões”, acrescenta.

A oferta destaca-se pela estética romântica e delicada, com bordados florais, tonalidades femininas e algumas opções mais divertidas ou sexy. Há opções transparentes e ousadas para quem prefere arriscar, mas também modelos mais elegantes, hiper femininos e com alguma modéstia.

No caso dos soutiens, os tamanhos vão do 30 ao 40 e reúnem sempre duas características: são clássicos e confortáveis. As cuecas têm tiras laterais ajustáveis e as costuras adaptam-se às medidas de cada mulher.

@marlielingerie

🌺 #marlielingerie #lingerie #handmadelingerie #handmade #smallbusiness #lingerieart #fy #fyp #foryoupage

♬ ICARUS – Penguin Piano

“Quero que os conjuntos cheguem a mulheres que gostem de fugir um pouco do padrão. Independentemente do corpo, gostava que os lançamentos incentivassem as mulheres a arriscar e a sentirem-se confiantes com a roupa íntima que usam.”

O conjunto Peony, um dos mais femininos e florais da coleção, é um dos bestsellers, revela Mariana. Como o material usado é elástico, adapta-se mais facilmente às curvas de cada mulher.

Quanto às matérias-primas, a maioria vem da Ucrânia, mas os fornecedores têm uma loja física em Portugal onde a jovem encontra os tecidos. A seguir, concretiza as ideias sozinha no atelier improvisado que instalou em casa.

“O negócio está a superar as expetativas, mas gostava de passar a marca do online para um espaço físico num futuro próximo”, conclui a fundadora, que tem apostado em drops esporádicos, com menos modelos, em vez de coleções maiores.

Outro objetivo da marca é o lançamento de um site até ao final do ano. Neste momento, as encomendas são feitas através da página de Instagram, com preços que começam a partir dos 30€.

Carregue na galeria para descobrir alguns dos modelos da Marlie.

Áudio deste artigo

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT