Lojas e marcas

Marma Swim: os biquínis com búzios e contas coloridas que celebram todos os corpos

O lançamento da nova coleção apresenta novas peças, mas também a história de mulheres que são convidadas a partilhá-la.
As cicatrizes são apreciadas.

O exercício de descrever ou desenhar um corpo, tal como o imaginamos, irá produzir sempre resultados diferentes. Duas pessoas diferentes, dificilmente idealizam duas silhuetas iguais. Se é difícil criar imagens idênticas daquela que é a nossa segunda casa, é também insensato reduzir o universo do swimwear a um retrato padronizado da estrutura física, com as suas especificidades, de cada homem ou mulher.

A Marma Swim nasceu no verão passado, fruto da vontade de Sofia Vasconcelos, de 28 anos, e Catarina Meidon, de 31 anos. Além de partilharem uma paixão fervorosa por swimwear, tinham um objetivo em mente. Queriam não só dar resposta à dificuldade que existia em Portugal em encontrar biquínis com corte brasileiro, mas também colocar o que muitos consideram defeitos, aquilo que as peças destacam.

Um ano depois, lançam a sua segunda coleção, que dá continuidade à missão de outras formas. Apostam essencialmente nos acessórios para biquínis, onde não faltam búzios e missangas para adornar e dar vida às peças. É uma coleção com mais cor, mas continuam a fugir dos modelos mais tradicionais com esta aposta.

Detalhes que marcam a diferença.

Em 2022 foram escolhidas três protagonistas para continuar a contar a história que a Marma começou. Não se tratam de corpos normativos, mas de figuras que celebram as suas marcas e cicatrizes. Com base na ideia que “não é o biquíni que torna a pessoa confortável, mas a pessoa que se vai sentir confortável com biquíni que usa”, procuram incentivar todas as mulheres a usarem um biquíni.

“Uma coisa que íamos reparando é que todas as fotografias que víamos de biquínis, principalmente de marcas, mostravam o estereótipo do corpo perfeito. Começámos a aperceber que isso causava alguma ansiedade na maior parte das clientes. A maior parte das mulheres não têm aqueles corpos”.

O lançamento foi acompanhado de uma iniciativa, designada de Marma Talks, onde são exibidos vídeos de apresentação que vão muito além dos biquínis. Nestes conteúdos partilhados no site da marca, cada uma das pessoas que veste uma peça explica como se sente com ela. Os casos de Constança e da Teresa são duas das histórias contadas. “As pessoas podem identificar-se mais. Precisamos de ver todos os tipos de corpos para normalizarmos essas imagens”.

Não são apenas os biquínis que estão por trás sucesso. Uma das grandes novidades deste ano foi o alargar da oferta ao beachwear, como forma de responder às necessidades de um público cada vez mais vasto. Tops, camisas e calças são alguns dos exemplos que as clientes da marca podem encontrar nesta nova coleção.

Toda a produção, com uma dimensão reduzida, é feita no Norte, após as peças serem desenhadas pelas duas fundadoras. Uma das particularidades da marca são precisamente as licras escolhidas pelas fundadoras, que tem de apresentar conforto e boa qualidade.

A Marma Swim não tem loja física, mas pode visitar o showroom no número 1076 A da Avenida D. João IV, em Guimarães. Pode também encontrar todas as criações da marca no site, onde apresentam as suas coleções e expressam os seus valores.

Carregue na galeria para conhecer as ofertas que fazem parte da nova coleção da marca.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT