Lojas e marcas

Minhon: a marca de roupa para bebés com peças super fofas às quais é impossível resistir

A etiqueta nacional, que acabou de se lançar no e-commerce, tem propostas com tamanhos desde recém-nascidos até aos 36 meses.

Antes de um bebé nascer, uma das principais preocupações dos futuros pais passa pela roupa a comprar. A verdade é que não se trata de uma tarefa fácil. Uma das principais inquietações é procurar conjuntos adoráveis para os primeiros meses de vida dos mais novos, sem esquecer fatores como o conforto e a forma como de adaptam ao seu crescimento.

A Minhon abriu a sua primeira loja online no dia 30 de setembro, com uma oferta de vestuário para bebés, desde os recém-nascidos até miúdos de 36 meses. A marca foi criada há dez anos por um casal de 40 anos, Felisberto Martinho e Carolina Costa, aquando do nascimento do primeiro filho. Na altura, não encontravam peças que aliassem o conforto e à ternura que esperamos da roupa para bebés, já que era tudo muito comercial.

Antes de se expandirem para o digital, a marca estava presente em lojas nacionais como a Gukkies, em Mafra, e internacionais como o Char-le-maine, no Reino Unido, sendo estes os dois mercados onde se posicionaram logo no início. A reação foi sempre tão positiva que fez sentido continuar a avançar.

A decisão de investir no comércio eletrónico, após anos de dedicação exclusiva a pontos de venda físicos multimarca, surgiu devido às dificuldades originadas pela pandemia. No entanto, o mote do projeto continua a ser o mesmo: “Queremos uma marca que se preocupe com a pele [do bebé] e que se vá preservando desde o nascimento”, conta à NiT Flor Ribeiro, designer de comunicação e de produto.

Das cores aos próprios cheiros, tudo o que rodeia os envolvidos na marca é transformado em fonte de inspiração. As primeiras birras ou as noites mal dormidas dão origem a peça que refletem estes momentos de crescimento de um recém-nascido. Pode observar esta evolução com os bodies e os babygrows tradicionais, assim como os vestidos, macacões gorros, mantas e os pequenos carapins.

A marca explora tecidos fofos e texturas.

“A pele do bebé é muito sensível, principalmente quando são muito pequenos. A Minhon começou com a necessidade de darmos aos nossos bebés o conforto e a estabilidade de que precisam quando nascem”, acrescenta. Por isso, trabalham com tecidos naturais, macios e respiráveis como o algodão.

Todos os parceiros estão situados no norte do País. Graças à relação de proximidade que têm com os fabricantes, conseguiram definir uma identidade muito própria. As estrelas, por exemplo, são a identidade da marca e estão presentes em muitas das peças. O próprio logótipo inclui o símbolo na letra I.

Para as propostas de outono, mantêm os elementos de sempre, mas o catálogo enche-se das cores quentes que associamos à estação, como o amarelo torrado. Outra das estrelas da temporada é a inovação com o tricot, com uma paleta de cores neutra, uma linha repleta de peças irresistíveis tanto para as mães, como para os miúdos.

“Queremos que os nossos bebés sejam uma estrela e o nosso ADN reflete essa motivação. Minhon, em francês, significa querido. Os fundadores têm família em França e decidiram ir lá buscar nome, tornando “os mais novos nos protagonistas”.

Além dos babygrows e dos bodies, também têm conjuntos de pronto-a-vestir, propostas que ajudam as mamãs que procuram roupa com um estilo distinto. “Queremos introduzir roupa para miúdos mais velhos, mas ainda não conseguimos”, explicam. A inauguração de uma loja física própria não está posta de lado, mas é uma ideia que precisa de ser maturada até estarem prontos para esse passo. Até lá, o foco está no e-commerce.

As peças da Minhon estão disponíveis no site da marca, com os preços a oscilar entre os 10 e os 40 euros. Carregue na galeria para conhecer algumas das propostas.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT