Lojas e marcas

Música, arte e brinquedos. Vem aí a nova sex shop da ContraNatura em Lisboa

A loja para adultos mais antiga da capital prepara-se para abrir outro espaço. Chega ao Rossio com um conceito original.
A loja vai reunir várias pessoas sem tabus.

Uma das missões da ContraNatura, a sex shop mais antiga em Lisboa, é nobre e simples ao mesmo tempo: melhorar a vida sexual dos clientes. Por isso mesmo, no dia 22 de setembro, a loja abre um novo espaço no número 23 da rua dos Douradores, no Rossio, em Lisboa.

Apesar de já existirem duas lojas na Baixa lisboeta, os responsáveis acreditam que faz todo o sentido ter uma quinta instalação na mesma zona. “É um conceito diferente e novo. Vamos fazer um espaço cultural e de intervenção com exposições, palestras e apresentações artísticas”, explica à NiT Alex Peixinho, o dono da ContraNatura. “Queríamos criar um espaço que, não deixando de ser uma sex shop, desse voz a mais gente”.

No que diz respeito à oferta, a marca pouco tem a provar. Dos vibradores mais modernos a uma vasta gama de dildos, tudo é possível encontrar nos espaços físicos da ContraNatura. O próximo passo para dar um novo rumo ao negócio passou, então, por uma abordagem diferente.

Agora, os consumidores podem contar com uma programação quinzenal, que começa com um DJ set logo na festa de inauguração, em parceria com o Trumps e o QueerArtLab. Ao longo do tempo, vão existir vários convidados musicais — não fosse a música uma excelente companheira nos momentos sexuais —, escultores, pintores e até cineastas para trazer arte ao espaço.

E, porque também há uma vertente mais séria, médicos, cientistas e psicólogos não vão ser excluídos. “Como sempre colaborámos com instituições públicas ou privadas, temos sempre tido inúmeros parceiros para democratizar o acesso a uma vida sexual saudável”.

A participação nestes eventos é gratuita. Estão todos marcados para espaço com mais de 200 metros quadrados, decorados com um design erótico, tal como seria de esperar.

Uma marca pioneira em Portugal

“Somos a primeira sex shop a abrir em Lisboa, os pioneiros nesta área, e talvez em Portugal. Antes de abrirmos, acreditamos que não havia mais nenhuma em nenhuma outra zona do País. Não é uma questão local, é nacional”, explica Alex Peixinho.

Foi em 1989, na rua do Conde Redondo, em Lisboa, que tudo começou. Na altura, a loja causou um impacto imediato na sociedade e moldou a visão dos portugueses nos últimos trinta anos. No final dos anos 80, notava-se bem o atraso que se sentia no País nesta área. “A primeira vez que passou um filme erótico em Portugal, na Cinemateca, foi o ‘Emanuelle’ e as pessoas faziam fila na porta. Nem é um filme pornográfico, apenas erótico”.

“Temos tudo o que existe no mercado e também vendemos para todas as lojas em Portugal”, conclui Alex, que destaca a oferta no campo dos succionadores de clítoris. Nas lojas físicas, têm uma gala completa que contrasta com a escassa oferta de modelos noutros locais que vendem o mesmo tipo de artigos.

Atualmente, a ContraNatura conta com mais cinco instalações, quatro delas em Lisboa (junto à Praça do Chile, Praça da Figueira, Marquês de Pombal e Chiado) e uma em Setúbal.

Carregue na galeria para ver mais imagens da loja.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT