Lojas e marcas

Na nova barbearia do Porto pode cortar o cabelo de cerveja na mão

A Barbero abriu a 20 de janeiro na Baixa do Porto e só usa produtos portugueses.

O corte simples fica por 15€.
As cadeiras foram feitas especialmente para a Barbero.
Do clássico ao moderno, pode escolher o corte que mais lhe agradar.
A equipa da Barbero: Faiú, André, Cristiano e Bruno.

Fazer a barba é um verdadeiro ritual e se o puder fazer de cerveja na mão, tanto melhor. É precisamente isso que acontece na Barbero, a nova barbearia da cidade, que abriu as portas a 20 de janeiro, na Baixa do Porto.

O espaço para homens de barba rija nasceu no número 69 da estreita Rua dos Caldeireiros, junto ao Largo dos Lóios. Lá dentro, para lá das portas avermelhadas, encontra-se um ambiente moderno e descontraído onde pode aparar barba e cabelo às mãos.

Há duas coisas às quais os homens são absolutamente fiéis: ao seu clube de futebol e ao seu barbeiro. E foi graças a esta fidelidade que nasceu a Barbero, mas comecemos pelo início, isto é, pela história dos dois amigos e donos da Barbero.

Cristiano Mimoso, 29 anos, e Bruno Pinto, 26 anos, conheceram-se em Ponte de Lima, a sua terra natal. Vizinhos e amigos, partilhavam o sonho de montar uma barbearia onde, acima de tudo, se sentissem bem. Apesar de nenhum deles ter formaçao na área, os dois empresários juntaram-se para criar um novo negócio.

“Foi uma ideia antiga que começou a ganhar maior forma no final de 2017 e como no Porto é difícil encontrar um espaço que seja mais casual e não tão característico como um barbeiro vintage ou cheio de tatuagens, decidimos apostar”, diz Cristiano.

“Queríamos um espaço pequeno para poder dar mais atenção ao cliente pô-lo mais confortável, surpreender pelo estilo, voltar à velha guarda”, acrescenta Bruno.

Nem Bruno, nem Cristiano sabem usar uma tesoura e, por isso, tiveram que encontra um profissional à altura do desafio. E é aqui que voltamos à questão da fidelidade: “Em toda a minha vida só cortei o cabelo em três sítios: em Ponte de Lima – onde a minha mãe me levava em miúdo –, em Coimbra, onde estudei, e aqui. Quando vim para o Porto e sempre que queria cortar o cabelo tinha que fazer 50 quilómetros até Ponte de Lima ou 100 quilómetros para ir a Coimbra, onde cortava o cabelo com o Faiú. Quando decidimos abrir a barbearia, liguei-lhe a perguntar se conhecia alguém que quisesse o lugar e ele disse que podia vir ele”.

Faiú Quijera e André Costa são os dois responsáveis por aparar as barbas e cabelos dos que se sentam nas três cadeiras cor de vinho, feitas exclusivamente para a Barbero e pensadas para encaixarem na perfeição na decoração.

“Temos técnicas diferentes mas vamos aprendendo todos os dias um com o outro”, diz Faiú. “Desde barba a cabelo, do clássico ao mais atual, fazemos um pouco de tudo e adequamos ao estilo do cliente”, acrescentra André.

Por ali usam se apenas “produtos de styling portugueses de qualidade”, não só para “ajudar as empresas nacionais”, mas também porque “são melhores”, conta Bruno Pinto.

Na Barbero o corte simples custa 15€ e a barba completa 13€ – barba e cabelo fica por 23€. Para quem regressa, o décimo corte é por conta da casa. Isso e a cerveja, pois claro.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua dos Caldeireiros, 69, Porto
    4050-140 Porto - Portugal
  • HORÁRIO
  • Das: 10:00
  • Às: 20:00
  • Segunda-feira a partir das: 12:30
  • Encerra ao domingo

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT