Lojas e marcas

Nova barbearia instagramável de Lisboa é um “centro de beleza masculino”

No salão de Thiago Maya, pode fazer uma limpeza de pele ou depilação a laser. Tudo rodeado por luzes LED néon.
O conceito começou em Setúbal.

Quem passa por Setúbal, certamente já viu pelos parques da cidade um barbeiro a cortar cabelos, sem cobrar nada pelo trabalho realizado – fá-lo em troco de uma conversa. Outros conhecem o nome de Thiago Maya pelo nome da barbearia homónima mesmo em frente à nova estação rodoviária da cidade. É uma cara já conhecida neste mundo.

Nascido em Goiás, no Brasil, começou a trabalhar na área aos 17 anos, influenciado pela mãe, cabeleireira de profissão. Quando era miúdo, passava horas a observá-la a cortar cabelos no seu salão. Então, decidiu especializar-se na área, ainda na cidade natal, e nunca mais parou.

Em 2015, mudou-se com a mulher, Lídia, para a cidade banhada pelo rio Sado à procura de melhor qualidade de vida. Quando chegou, começou logo a destacar-se: o empresário, agora com 37 anos, foi campeão nacional no Challenge CACP BarberShop 2018, a competição que junta os melhores profissionais do País nesta área.

O reconhecimento foi uma das razões pelo sucesso do seu primeiro espaço, inspirado nas grandes barbearias inglesas. À primeira inauguração na cidade pela qual se apaixonou, somaram-se mais três salões da marca para dar resposta à procura dos clientes. Apaixonaram-se por este conceito moderno.

No entanto, não se quis ficar pelo sul do Tejo. A 25 de novembro, Thiago inaugurou a primeira Barbearia Maya em Lisboa, mais precisamente nas Avenidas Novas. A ideia foi criar um “verdadeiro centro de beleza masculino” numa área de 110 metros quadrados, que junta cortes, massagens, depilação e até limpeza de pele.

“Senti vontade de crescer e de mostrar o que tenho para oferecer. Já era distinguido nas competições, mas gostava de trazer o meu talento na capital”, conta o fundador à NiT. “Dominávamos o mercado em Setúbal e percebemos que existiam cada vez mais espaços na capital com um conceito parecido.”

A vontade de criar uma barbearia distinta nota-se logo na decoração instagramável. Das luzes LED em tons néon nas paredes às plantas, o espaço luminoso afasta-se dos “locais escuros e cheios de quadros e caveiras”. Segue uma linha mais “moderna, minimalista e chique”.

Outro dos diferenciais são, claro, os serviços. “Notei que havia necessidade de um homem receber uma barboterapia [um tratamento completo focado na barba para que ela cresça mais forte e saudável] ou marcar uma depilação a laser”, acrescenta. “Faltava um lugar onde os homens se podem sentir bem e, no final, sentir saudades de estar ali connosco. Não é só entrar e cortar o cabelo.”

Neste momento, a Barbearia Maya vai poder atender quatro pessoas ao mesmo tempo, além de terem um profissional dedicado à área da estética. No entanto, o objetivo é aumentar a capacidade para receber mais pessoas “que procuram uma experiência de bem-estar. Não se importam pelo preço que estão a pagar.”

Apesar de não ser uma loja muito ampla, Thiago quer ainda organizar eventos e dar formação a barbeiros, criando uma academia. “Já sou contratado por várias empresas para ensinar workshops e quero apostar nisso. Quero diferenciar-me não só como barbeiro, mas como empreendedor”, conclui.

Os preços dos cortes de cabelo começam nos 15€ e, se preferir juntar corte e barba, chegam aos 30€. No caso da estética, variam até aos 60€.

Carregue na galeria para ver mais imagens do espaço e conhecer melhor o conceito.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Avenida 5 de Outubro, 70
    1050-059 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Segunda a sexta-feira das 10h às 20h
  • Sábado das 10h às 18h

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT