Lojas e marcas

A nova loja das Amoreiras só vende peças de roupa sustentáveis

A Fair Bazaar abriu um espaço no centro comercial de Lisboa, onde só vai encontrar produtos ecofriendly.
Tem 52 metros quadrados.

Em apenas dois anos, a Fair Bazaar passou de uma simples ideia de Joana Cunha, de 32 anos, para um espaço na Embaixada, no Príncipe Real, seguido de um site que envia produtos para todo o globo e agora uma loja permanente no Amoreiras Shopping Center, em Lisboa.

Em 2015, Joana estava a trabalhar numa plataforma de moda chamada Gleam quando se despediu porque não se sentia feliz: “O trabalho não estava alinhado com os meus valores”, explicou à NiT numa entrevista em maio deste ano. Depois de ver o documentário “The True Cost”, percebeu o impacto negativo da indústria da moda no ambiente e decidiu que, a partir dali, só iria trabalhar com marcas sustentáveis.

“Fiquei mesmo incrédula com tanta poluição. Prometi a mim mesma que nunca mais ia compactuar com isso.”

O projeto Fair Bazaar surgiu naturalmente, com parcerias que foi desenvolvendo e que acabaram por culminar na inauguração de um espaço próprio na Embaixada em novembro de 2017, que continua a funcionar e a vender exclusivamente marcas que produzem de forma consciente. No verão seguinte veio a loja online e agora, desde 6 de dezembro, já é possível conhecer também as propostas no Amoreiras.

A nova Fair Bazaar do centro comercial tem 52 metros quadrados e fica ao lado da Lanidor, no piso 2. A vontade de se posicionar aqui, explica Joana, veio de querer “conquistar o público português”, já que na Embaixada os clientes são “90 por cento turistas”. Este conceito é inovador num estabelecimento comercial, uma vez que este tipo de espaços tende a focar maioritariamente empresas de fast fashion, massificadas e onde as alternativas sustentáveis não são fáceis de encontrar.

Sapatilhas da Zouri Shoes.

Ainda assim, Joana diz que as primeiras semanas estão a “correr bem”. “Vamos testar aqui este conceito. A nossa presença pode inspirar outras marcas e empresas a pensar de forma mais consciente.”

A entrada do projeto no Amoreiras veio também acompanhada de uma novidade: a Fair Bazaar tornou-se na 12.ª empresa portuguesa a receber o Certified B Corporation, um conceituado certificado internacional que só é atribuído a empresas especiais, que equilibram o negócio com uma atividade sustentável. Para que tenha uma ideia: existem apenas três mil companhias no mundo que receberam a aprovação desta organização. Mais impressionante ainda foi a velocidade a que Joana o conseguiu — apenas três meses depois de ter feito o pedido. Em média, este processo costuma demorar dois anos.

Na loja, vai encontrar 12 marcas, a maioria delas são portuguesas. Além das opções que já existiam na Embaixada, há algumas novidades, como a Wethenot, que vende roupa e acessórios unissexo feitos de algodão orgânico; a BAM by Ana Menezes, de roupa feminina, que desenvolve os produtos com tecidos ecofriendly como o Rayon; e os móveis da Boa Safra, uma marca portuguesa de decoração que está espalhada por toda a loja — foi com estas peças que Joana decorou o espaço.

Champô em barra da Green Tailors.

Além de poder comprar a mobília que preenche o espaço, pode levar para casa as plantas que por lá encontrar, que são todas da marca Generosa. “É um estilo de vida. A forma como nos vestimos, decoramos a casa, cuidamos das plantas”, está tudo lá, explica Joana.

Isto estende-se também aos produtos de higiene pessoal: há escovas de dentes de bambu, palhinhas de materiais sustentáveis, cotonetes e champôs em barra da marca portuguesa Green Tailors.

A seguir, carregue na galeria para conhecer melhor a nova loja da Fair Bazaar no Amoreiras Shopping Center.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT