Lojas e marcas

Novo cabeleireiro do Chiado tem um head spa luxuoso com música ambiente

O Studio mudou de morada e tem novos serviços. O mais recente salão de Cláudio Pacheco inclui áreas intimistas e um jardim.
Um espaço luxuoso e acolhedor.

Cláudio Pacheco, de 33 anos, já tem um extenso currículo. Além de cabeleireiro, é formador internacional, hairstylist de várias celebridades — como Daniela Melchior, por exemplo — e diretor de arte. Há muito que o seu trabalho chegou às revistas de moda e às passarelas internacionais.

Apesar do sucesso, continua a ser no seu salão que o artista se sente verdadeiramente em casa. Desde que abriu portas em 2016, na Rua Ivens, o espaço tornou-se uma referência na capital entre quem procura um corte ou uma coloração. Todos conheciam a morada, mas estava na altura de crescer.

Volvidos oito anos, o Chiado Studio renasceu a 25 de julho na Rua Duques de Bragança, na mesma zona de Lisboa, com um conceito inovador. O atelier tem mais 100 metros quadrados de área e ganhou novos serviços e equipamentos num ambiente acolhedor.

“Nos últimos anos, começámos a sentir que o espaço era pequeno. Queríamos que a experiência do consumidor fosse mais abrangente e, na loja antiga, era impossível levar as ideias que tínhamos”, começa por contar Cláudio à NiT.

O atelier foi desenhado à imagem de uma casa, com os serviços divididos por salas “para criar um ambiente intimista”, explica. A visita começa por uma receção minimalista e, a partir daí, cada porta leva os clientes até zonas mais resguardadas.

Entre as novas funcionalidades, destaca-se um head spa onde é possível lavar o cabelo deitado. Entre cascatas de água, massagens capilares com produtos de excelência ou técnicas como a micro mist — um equipamento de alta tecnologia de vaporização —, aliam-se momentos de relaxamento (com música ambiente) à saúde dos fios.

A ideia é que, do corte à coloração, todos passem por esta experiência. “Decidimos trazer um conceito que está a crescer muito lá fora. Acredito que somos os primeiros a implementar e um salão com este serviço de spa em Portugal”, sublinha.

Antes, Cláudio já dividia a zona de lavagem com uma estrutura de vidro industrial e alguma música à mistura. Só agora é que conseguiu elevar esta ideia, mas o feedback dos clientes não engana. Todos elogiam o conforto que sentem em comparação com as lavagens antes da mudança.

Além do relaxamento, o head spa em vários benefícios para a saúde do cabelo. O detox passa pela purificação do couro cabeludo recorrendo a produtos que limpam, eliminam as impurezas, melhora a oxigenação e recuperam os fios de forma profunda, da raiz até às pontas.

Antes disso, porém, há sempre um diagnóstico universal. Com o apoio de tablets, que permitem uma visão microscópica da cabeleira, a equipa do Chiado Studio avalia as necessidades. “É feito de forma intimista. Sentamo-nos em pufes com as clientes antes de migrar para a estação de trabalho.”

Vai um chá no jardim?

As paredes brancas, o chão de madeira e a mobília dourada são o bilhete de entrada da nova loja. Se no salão antigo tinham cores arrojadas e uma passarela com projetores, aqui seguem traços mais minimalistas. “Acredito que a decoração reflete a minha verdadeira imagem”, diz Cláudio.

Entre os móveis, destacam-se as cadeiras estilo anos 70 adaptadas ao ambiente de um cabeleireiro. Já os espelhos foram desenhados pelo sócio, José Fragoso, para que as clientes se possam ver totalmente e ter um apoio para colocar o café.

O Chiado Studio tem ainda um espaço exterior com um jardim com chá ou águas aromatizadas à disposição. O canto foi pensado como um canto onde as clientes e os acompanhantes possam ter um momento de descontração enquanto aguardam, assim como conviver.

“Sempre quis ter um salão com uma área exterior e um jardim”, confessa. E tem ambos, visto que, à entrada da loja, os clientes conseguem avistar o Tejo no horizonte.
“Há muitas possibilidades que podemos explorar num espaço tão grande. Algo que adoro é que, quando estou a gravar uma campanha, posso ter uma sala inteira para mim. Sejam eventos ou produções, conseguimos aceder facilmente.”

Cláudio no jardim do Chiado Studio.

O percurso de Cláudio Pacheco

Aos 33 anos, Cláudio já passou por salões como o Griffe Hairstyle, colabora com títulos ligados à moda, como a “GQ Portugal”, e é um dos profissionais favoritos das celebridades. É recorrente vê-lo a trabalhar com nomes como Cláudia Vieira, Liliana Santos e Helena Isabel, entre outros.

No meio de tantos projetos, não tem dúvidas. “O que mais gosto de fazer são as campanhas e acompanhar celebridades, tal como fiz com a Daniela [Melchior] na tour [do Fast X]. Adoro estes momentos de adrenalina, mas um cabeleireiro não consegue sucesso editorial sem contactos com os clientes.”

Segundo o hairstylist, as tendências nascem nas cadeiras dos salões, onde começam a pedir coisas com anos de antecedência. É o que acontece desde que abriu o primeiro Chiado Studio, em 2016, na altura com apenas 24 anos. “Houve um processo evolutivo enquanto empresa e enquanto pessoa.”

Filho de uma mãe cabeleireira, o jovem cresceu com a prima entre tesouras e secadores, em Leiria. Admite que sempre teve amor pela área, motivo pelo qual começou a trabalhar com apenas 15 anos. Dois anos mais tarde, ganhou o prémio de jovem talento no Trend Vision Award, da Wella International.

A decoração do salão.

Uma das conquistas que mais o orgulham foi ter inventado um corte com a sua assinatura, o wash and go. Trata-se de um estilo que se adapta à textura natural do cabelo. As pessoas podem lavar o cabelo em casa, dar o styling desejado e, afirma, “fica sempre bem”.

É este tipo de visagismo, com base na textura capilar de cada cliente, que o hairstylist quer continuar a explorar no novo salão. O objetivo é fazê-lo oferecendo serviços menos acelerados. “Não somos um espaço de lavar e secar o cabelo. As clientes vêm aqui para tratar delas.”

Cláudio equaciona ainda ir além dos cabelos. A ideia é aproveitar uma área reservada para criar um make up bar ou um nail bar, por exemplo. Embora nunca tenha sido fã de incluir estética no salão, quer aproveitar a dimensão para explorar complementos que não interfiram na sua filosofia.

“Tentamos estar na vanguarda no desenvolvimento de tratamentos. O grande projeto é a implementação, até setembro, de mais tratamentos especiais”, conclui. “Queremos que as pessoas consigam vir ao spa após um dia stressante ou antes de enfrentarem o dia, tal como num spa tradicional.”

Carregue na galeria para ver mais imagens do novo Chiado Studio e ficar a conhecer melhor o conceito.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Duques de Bragança, 6B
    1200-162 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Terça a sexta-feira das 11h às 20h
  • Sábado das 10h às 19h

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT