Lojas e marcas

Nunca foi tão fácil ter todas as apps juntas nos telemóveis Huawei

Saiba como transferir o conteúdo do seu smartphone atual para um modelo novo da marca — sem perder nada pelo caminho.
Smartphones mantêm todas as funcionalidades

Veio revolucionar o mercado dos smartphones em Portugal em 2012 e rapidamente conquistou o público, sobretudo com as suas gamas altas, que têm câmaras de qualidade quase inigualável. Ou seja: os telemóveis da Huawei tornaram-se mesmo num must have para milhões de fãs de fotografia nos últimos anos. Em 2019, muitos recearam que as políticas da Google pusessem os seus tão amados dispositivos em causa, mas a marca soube dar a volta ao tema. Os telemóveis produzidos até ao momento mantiveram o acesso tanto às aplicações habituais, como à loja de apps, e no caso dos novos modelos, apesar de já não contarem com estes serviços a que muitos clientes estavam habituados, tudo acabou por se resolver.

Desde as restrições, já foram lançados variados smartphones e tablets pela marca e, além disso, a Huawei criou o seu próprio sistema para dar a melhor experiência de utilização e facilitar a vida de todos os seus fãs — um sistema que já se encontra em tablets, como o Huawei MatePad 11, e wearables, como o Huawei Watch 3 e Watch GT 3. Desta forma, a Huawei dá resposta às necessidades dos seus consumidores oferecendo alternativas tão boas ou mesmo melhores do que às que nos tínhamos habituado. É o caso da Huawei AppGallery, a sua loja oficial de aplicações.

Se o seu receio é mudar de telemóvel e perder tudo, temos boas notícias. Estando o seu smartphone ainda a funcionar quando comprar um dos novos modelos Huawei, poupe-se às horas passadas a fazer download de aplicações e transferência de ficheiros. Com a app Phone Clone pode transferir praticamente todo o conteúdo do seu dispositivo anterior de forma simples e rápida, incluindo as aplicações. Se estivermos a falar de transferência entre dois telemóveis com sistema Android, a marca garante que a maioria dos conteúdos passa sem problema. Por outro lado, se estivermos a falar de um dispositivo iOS, as aplicações não são transferidas (por terem sistemas operativos completamente distintos), mas todos os ficheiros e contactos sim. Ainda assim, também existe solução para este cenário: a loja de aplicações da Huawei.

Na AppGallery, já pré-instalada nos dispositivos mais recentes, onde é possível descarregar uma grande variedade de apps necessárias para o nosso dia a dia, incluindo de marcas e serviços portugueses essenciais como entidades bancárias ou supermercados, entre muitos outros. Aqui se tiver algum problema é em não conseguir parar de descarregar aplicações. Há um mundo que não vai querer perder.

Se mesmo aqui não encontrar o que procura, a app do novo sistema Huawei, que substitui o motor de pesquisa habitual, vai ter com certeza a solução. No Petal Search pode pesquisar por aplicações e receber resultados de sites oficiais ou de terceiros que disponibilizam outras apps e que garantem o seu funcionamento na perfeição e em segurança. Entre elas encontram-se apps (caso não tenha conseguido clonar) sem as quais já não sabemos viver — como o WhatsApp, Facebook, Messenger, Instagram, Netflix, Spotify, entre outras. Ou seja, no espaço de minutos consegue fazer todos os downloads necessários.

Em último caso, poderá sempre recorrer ao uso do browser para aceder a algum serviço, mas dificilmente sentirá que lhe falta algo no smartphone, com as apps da Huawei e todas as que são possíveis de fazer download. A marca procura todos os dias colmatar a possível ausência de alguma app na sua oferta, mas torna-se cada vez mais evidente que este não é um obstáculo. Um smartphone Huawei é uma escolha topo de gama com qualidade excecional nas suas diferentes funcionalidades.

Este artigo foi escrito em parceria com a Huawei.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT